Estrela de Mano brilha e Cruzeiro vence o Santos no Pacaembu

A estrela de Mano Menezes brilhou na vitória do Cruzeiro sobre o Santos, por 1 a 0, na tarde deste domingo. O único gol da partida foi marcado pelo volante Bruno Silva, três minutos após sair do banco para substituir o centroavante Sassá. A substituição que parecia cautelosa fez a Raposa dar um xeque-mate no Peixe, que ameaçava pressionar após a festejada entrada de Bruno Henrique.

O Santos, que tem Jair Ventura bastante pressionado, já não vence há quatro partidas na temporada. São três derrotas (Luverdense, São Paulo e Cruzeiro) e um empate (Real Garcilaso). O time tem apenas seis pontos no Brasileiro e só está fora da zona da degola por critérios de desempate. A Raposa foi a dez pontos e se aproximou do pelotão de frente.

Dedé 1 x 0 Gabigol

A falta de criatividade no meio de campo, problema crônico do Santos, só deu trégua em um lance do primeiro tempo. Foi quando Rodrygo deixou Gabigol de frente para o goleiro Fábio, aos 35 minutos. O camisa 10 do Peixe disparou livre, engatilhou o chute e... Foi surpreendido pela chegada precisa de Dedé.

Embora a oportunidade mais clara tenha sido do Peixe, o Cruzeiro foi ligeiramente superior na equilibrada etapa inicial. O time de Mano Menezes se aproximava do gol de Vanderlei com mais facilidade, mas não tinha clareza para criar lances de grande perigo. Os dois melhores saíram dos pés de Robinho, mas não foram bem concluídos por Sobis: um cabeceio (muito) para fora e um chute em cima de Vanderlei.

Brilha a estrela de Mano Menezes

Jair Ventura fez a torcida do Santos vibrar aos 23 minutos do segundo tempo, quando atendeu aos insistentes pedidos por Bruno Henrique. O atacante foi a campo na vaga de Diego Pituca, um volante, e teve a chance de marcar logo em sua primeira participação. Dedé conseguiu contê-lo, o mas o lance inflamou o Pacaembu.

Mano Menezes teve de contra-atacar. Literalmente. Ele respondeu trocando o seu centroavante, Sassá, por mais um volante, Bruno Silva. Raniel já estava em campo na vaga de Thiago Neves. A estratégia de segurar o ímpeto santista e sair em velocidade não poderia ter dado mais certo.

Vanderlei se agigantou diante de Robinho e impediu que o Cruzeiro abrisse o placar após grande jogada de Raniel, com direito a chapéu em David Braz no meio de campo, mas a estrela do técnico da Raposa brilhou logo na cobrança de escanteio: Robinho bateu, Raniel desviou e Bruno Silva - em sua primeira participação - cabeceou para o gol aos 30 minutos.

O jogo ficou aberto em sua parte final. Bruno Henrique cabeceou para fora a chance de empatar, enquanto Rafael Sobis finalizou à esquerda de Vanderlei quando teve a chance de ampliar. No fim, vaias da torcida do Peixe.

?

FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 x 1 CRUZEIRO

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)

Data-Hora: 27/5/2018 - 16h00

??Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Auxiliares: Pedro Martinelli Christino (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

Público pagante: 8.504

Público total: 10.670

Renda: R$ 349.730,00

Cartões amarelos: Henrique, Egídio, Robinho (CRU); Diego Pituca (SAN)

Cartões vermelhos: -

Gols: Bruno Silva, aos 30'/2ºT (0-1)

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Gustavo Henrique, David Braz e Dodô; Renato (Léo Cittadini - 31'/2ºT), Diego Pituca (Bruno Henrique - 23'/2ºT) e Jean Mota; Rodrygo, Eduardo Sasha (Yuri Alberto - 40'/2ºT) e Gabriel. Técnico: Jair Ventura.

CRUZEIRO: Fábio, Edilson (Lucas Romero - 24'/2ºT), Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Thiago Neves (Raniel - 18'/2ºT) e Robinho; Rafael Sobis e Sassá (Bruno Silva - 27'/2ºT). Técnico: Mano Menezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos