Talento de Everton e oportunismo de Thonny Anderson dão vitória ao Grêmio contra o Ceará

O Grêmio demorou, mas conseguiu desencantar no Brasileirão depois de duas rodadas em branco. Diante do Ceará na Arena Castelão, o time gaúcho marcou com Thonny Anderson e descolou uma importante vitória por 1 a 0. Agora, o Tricolor é o

Logo aos cinco minutos de jogo, as inversões de jogo rápidas e movimentação gremista fizeram a diferença onde Everton foi encontrado em condições de avançar pra cima da zaga adversária. O camisa 11 usou sua habilidade e chutou para acertar a trave de Éverson assustando a torcida da casa.

Os gaúchos insistiam bastante nas jogadas pelo lado esquerdo na dobradinha Bruno Cortez e Everton principalmente pelas tabelas rápidas feitas no setor. Algo que demorou um tempo a ser consertado pelo sistema defensivo do Ceará.

No plano ofensivo, o Alvinegro de Fortaleza praticamente inexistia já que, nos momentos em que poderia aproveitar erros de passe do Tricolor gaúcho, não tinha nem a agilidade ou mesmo a efetividade de troca de passes para colocar em dificuldades o sistema defensivo dos visitantes.

Tanto é que, somente aos 23 minutos da etapa inicial, o Vozão teve a possibilidade de conseguir uma finalização minimamente perigosa. Após trabalhar a bola na proximidade da grande área do Grêmio, o volante Juninho conseguiu um chute passando do lado esquerdo da meta de Marcelo Grohe.

Como a equipe do Sul seguiu tendo por mais tempo a bola nos pés, mas passou a não ter mais "vida tão fácil" na criação de oportunidades, a última oportunidade real que o Tricolor teve de abrir a conta no Castelão antes do fim do primeiro tempo foi em um venenoso chute de fora da área dado por Everton.

Em menos de um minuto da etapa complementar, um lance polêmico onde Everton caiu na área após driblar a marcação e a arbitragem de Wagner Reway marcou, inicialmente a penalidade. Porém, após conversar com o adicional que estava na linha de fundo, ele decidiu voltar atrás na decisão e dar a posse de bola para o Ceará causando a revolta dos gremistas.

Apesar das alterações forçadas por lesão nos anfitriões, a dificuldade seguia na criação de jogadas e, sem a bola, o Alvinegro cearense seguia se retraindo e esperando os erros do Grêmio.

A entrada de Thaciano no lugar de André fez com que Cícero virasse o homem mais próximo do gol de Éverson e a mudança se mostrou efetiva logo aos 24 minutos. Depois de troca de passes pelo lado direito, Thaciano entrou de surpresa na área e bateu forte para uma grande defesa do camisa 1 do Ceará.

Logo na sequência, o mesmo Thaciano apareceu bem de novo no ataque ao conseguir um verdadeiro balaço de fora da área colocando o goleiro do time da casa em enorme dificuldade para espalmar pela linha de fundo.

A pressão gremista aumentou e Everton chegou a fazer Éverson trabalhar com uma linda defesa em chute dentro da grande área antes de, aos 35 minutos, o gol do time gaúcho finalmente saiu. Depois de uma arrancada em velocidade do camisa 11 do Grêmio, o mesmo deu uma assistência ao tocar a meia altura para Thonny Anderson, que entrou no segundo tempo, cabecear para as redes.

Depois do tento dos visitantes, o máximo que o Ceará conseguiu para ameaçar o triunfo do adversário foi um chute a média distância de Douglas Coutinho onde Marcelo Grohe precisou soltar em um primeiro momento para depois encaixar.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 X 1 GRÊMIO

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

Data/hora: 27/05/2018, 19 h

Árbitro: Wagner Reway (FIFA-MT)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA-BA) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS).

Cartões amarelos: Ramiro, Everton (GRE); Richardson, Samuel Xavier, Élton (CEA)

Gols: Thonny Anderson (35'/2°T) (0-1)

CEARÁ: Éverson, Samuel Xavier, Rafael Pereira (Valdo, no intervalo), Luiz Otávio e Romário; Juninho, Richardson e Ricardinho (Douglas Coutinho, aos 23'/2°T); Felipe Azevedo (Hyuri, no intervalo), Elton e Wescley. - T: Jorginho.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Leonardo Moura (Lima, aos 12'/2°T), Bressan, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Thonny Anderson, aos 34'/2°T), Jaílson, Ramiro, Cícero e Everton; André (Thaciano, aos 19'/2°T). - T: Renato Portaluppi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos