Falhas que acabaram em lágrimas! Karius e Mantuan entram na lista

Falhas que resultaram em lágrimas marcaram o último fim de semana no futebol. O goleiro Karius, do Liverpool, foi um dos principais personagens da final da Champions League, no último sábado. Porém, não pelo lado positivo. O alemão falhou duas vezes e teve participação direta na derrota dos ingleses para o Real Madrid por 3 a 1. Após o apito final, o jogador reconheceu o erro, e aos prantos, foi se desculpar com a torcida dos Reds. Já pelo Campeonato Brasileiro, o jovem lateral direito corintiano Mantuan, deixou o campo chorando após falhar no segundo gol do Internacional. Aos 47 minutos do segundo tempo, o jogador de 20 anos errou o domínio e deixou Rossi livre para virar a partida para 2 a 1.

Chorar após algum erro é algo comum em todo ser humano, porém não é sempre que presenciamos este ato no futebol. Sendo assim, o LANCE! separou outros casos em que falhas acabaram gerando lágrimas. Confira abaixo os erros...

Seaman (Inglaterra - falha contra o Brasil na Copa de 2002)

O goleiro da Inglaterra, David Seaman, chorou após a partida, ao se desculpar com a torcida inglesa pela falha no segundo gol do Brasil, em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Seaman estava adiantado na cobrança de falta de Ronaldinho e não esperava que o chute morreria no seu ângulo direito. Quando tentou defender, a bola já estava no fundo do gol. O lance resultou na eliminação da Inglaterra da Copa.

- Eu apenas quero pedir desculpas a todos os torcedores. Eu sinto que eu deixei as pessoas na mão. Eu pensei que ele tivesse errado o chute e errei no meu julgamento - afirmou o goleiro após a eliminação.

David Braz (Santos - falhas contra a Penapolense pela semifinal do Campeonato Paulista de 2014)

O zagueiro deixou o campo chorando após a vitória do Santos por 3 a 2, contra a Penapolense, pela semifinal do Campeonato Paulista. David Braz cometeu o pênalti que ocasionou no primeiro gol do adversário e depois falhou no lance que resultou na virada da equipe de Penápolis, ainda no primeiro tempo.

- Esse grupo maravilhoso me deu apoio e fomos até o final. Procurei levantar a cabeça e graças a Deus, deu tudo certo. Estou chorando de emoção, porque essa torcida lotou e apoiou até na hora difícil. Graças a Deus conseguimos a classificação no fim - desabafou o defensor após a partida.

Baumgartl (Stuttgart - falha contra o Dortmund em 2015)

?Pela Bundesliga, o Stuttgart foi derrotado em casa por 3 a 1, pelo Borussia Dortmund. E o jovem zagueiro de 18 anos, Timo Baumgartl, foi consolado por torcedores do clube, após falha em lance decisivo da partida.

Após errar um passe na defesa, o zagueiro deixou Reus livre para fazer o terceiro do Borussia Dortmund. Na sequência, os mandantes ainda diminuíram, mas acabaram derrotados. Depois do apito final, Baumgartl não conteve as lagrimas e foi se desculpar com a torcida, e mesmo insatisfeitos, os torcedores demonstraram apoio ao jogador.

Pedro Henrique (Corinthians - falha contra o Atlético-MG no Campeonato Brasileiro de 2016)

O zagueiro não segurou as lágrimas após a falha que resultou no segundo gol sofrido pelo Corinthians, na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, no Mineirão. Após o término da partida, Pedro Henrique não escondeu a tristeza pelo erro e até os próprios jogadores atleticanos foram consolar o adversário, além dos companheiros de equipe.

Aos 37 minutos, após errar passe na defesa, o defensor tentou recuar a bola para Cássio, mas não teve força suficiente e Cazares antecipou o lance, marcando o gol da virada. O resultado impediu o Corinthians de entrar no G4 já naquela rodada.

?

Betão (Avaí - falhas contra o Figueirense pelo Campeonato Catarinense de 2018)

?Em duelo emocionante que terminou empatado em 3 a 3, Avaí e Figueirense fizeram um clássico que ficará marcado na memória de seus torcedores, porém para Betão será um dia para ser esquecido. O zagueiro falhou em dois dos três gols sofridos pela equipe e emocionado, fez questão de se desculpar com a torcida após a partida.

No segundo gol do Figueira, o zagueiro tentou recuar de cabeça para o goleiro mas a bola foi fraca e antecipada por Gustavo Henrique que marcou o segundo do clube visitante no jogo. Já o terceiro gol sofrido pelo Leão, Betão deixou Ygor Nogueira livre para balançar as redes.

Paes (São Caetano - falha contra o São Paulo pelas quartas de final do Campeonato Paulista de 2018)

?O goleiro Paes chorou em entrevista após a partida contra o São Paulo, no Morumbi, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, por conta de falha em lance crucial. Depois de vencer por 1 a 0, em casa, o São Caetano jogava por um simples empate para avançar de fase, mas acabou sendo derrotado por 2 a 0.

Aos 19 minutos do segundo tempo, o Azulão segurava o empate por 0 a 0, resultado que garantia a classificação do clube, mas Paes demorou demais para dar um 'chutão' e foi travado pelo atacante Tréllez, que viu a bola subir e ficar limpa para balançar as redes.

- A gente espera muito tempo por essa chance e vem uma eliminação dessa, com uma falha minha, é muito difícil. Eles me apoiaram porque eu trabalho muito, não tenho tempo ruim para trabalho. Esse momento é muito difícil, a gente sonhava com a classificação e não com a eliminação. Agora é ficar com a família, porque terá muita gente criticando, ali com meus filhos que encontrarei força - afirmou o goleiro após a eliminação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos