'Tivemos que encontrar um bode expiatório', diz Mbappé sobre Emery

  • Mbappé diz que Unai não poderia ser responsabilizado por eliminação na Liga dos Campeões

    Mbappé diz que Unai não poderia ser responsabilizado por eliminação na Liga dos Campeões

A passagem do treinador Unai  Emery no PSG foi cercada de polêmicas e um fracasso que pesou para sua saída do clube francês: a eliminação na Champions. Kylian  Mbappé, um dos principais jogadores do PSG e uma das maiores promessas da França, saiu em defesa do ex-treinador em entrevista.

- Ele não é o único responsável, todos nós temos a nossa parte. Se pensarmos que mudando de treinador vamos resolver todos os problemas... Tivemos que encontrar um bode expiatório - disse a joia francesa ao Paris Match.

O PSG foi eliminado nas oitavas de final pelo Real Madrid (que se sagrou campeão neste sábado). A eliminação pesou muito na trajetória do treinador no clube francês. Apesar da eliminação, Emery conquistou todos os campeonatos nacionais na temporada: o Campeonato Francês, a Copa da França e a Copa da Liga Francesa.

Outro fator que gerou muitas críticas ao treinador foi a falta de pulso em um momento que importante na temporada: a discussão para ver quem seria o cobrador oficial entre Neymar e Cavani.

Emery também foi questionado sobre os "privilégios" recebidos pelo craque brasileiro, que incomodou alguns jogadores do PSG. O treinador, inclusive, foi na festa de aniversário milionária que Neymar deu na França, em pleno curso da temporada. Mbappé, porém, elogiou o treinador e destacou a sua importância no sue estilo de jogo.

- Unai Emery me ensinou a ser mais decisivo, ter esse desejo de marcar gols, mas no lado defensivo, ainda tenho defeitos, mas ele realmente me fez progredir. Ele é um grande treinador: sete troféus em dois anos não é pra qualquer um - finalizou o atacante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos