Atlético-MG diz que Palmeiras prometeu não vender Róger Guedes

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, prometeu ao Atlético-MG que não vai negociar Róger Guedes nesta janela de transferências. Foi o que garantiu Alexandre Gallo, diretor de futebol do Atlético-MG, clube para o qual o atacante está emprestado até o fim do ano.

Há um clube da Arábia Saudita interessado no jogador de 21 anos. Trata-se do Al Wehda, que acaba de contratar o técnico Fábio Carille, ex-Corinthians. O Palmeiras não recebeu nenhuma proposta até o momento porque não houve acordo entre Guedes e os sauditas.

- Não existe nada para nós. Conversamos com o Palmeiras. Não existe nada com o Palmeiras. O Mattos prometeu a mim e ao presidente que não tem intenção nenhuma de negociar o atleta nesta janela. O atleta vai continuar no Atlético até o fim do ano. E mesmo assim, se acontecer algo, ainda temos a prioridade. Mas como ele prometeu a gente tem quase certeza de que ele vai cumprir a palavra - disse Alexandre Gallo, em entrevista coletiva na Cidade do Galo.

O Al Hilal, outro clube saudita colocado como possível destino de Róger Guedes, divulgou nesta terça-feira informando que não está negociando com ele.

O jovem tem contrato com o Palmeiras até março de 2021. Caso a venda seja concretizada, o Galo tem direito a receber uma taxa de vitrine. O clube também pode cobrir uma eventual proposta.

O Verdão comprou 25% dos direitos econômicos de Róger Guedes por R$ 2,5 milhões. Paulo Nobre, presidente do clube na ocasião, aportou todo o valor e tem direito a receber exatamente esta quantia quando o atleta for vendido. Havia uma cláusula que dava ao Verdão a preferência para comprar outros 25% dos direitos por R$ 5 milhões, mas o clube preferiu não exercê-la e o Criciúma segue dono de 75%.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos