Fernando Santos lamenta empate de Portugal contra a Tunísia

O técnico Fernando Santos lamentou o empate em 2 a 2 de Portugal com a Tunísia, na última segunda-feira, em Braga. Apesar de ser apenas um amistoso preparatório para a Copa do Mundo e a seleção lusa não contar com Cristiano Ronaldo, o comandante queria a vitória.

- O resultado que eu queria não era este, era ganhar! Os resultados são importantes e empatar nunca é um bom resultado, nunca será. Tínhamos condições de vencer. No primeiro tempo, entramos bem no jogo, a equipe foi rápida, conseguiu ganhar os espaços com facilidade. Depois de abrir 2 a 0, começamos a cometer mais erros, principalmente em termos defensivos. Foram questões coletivas. Podíamos ter matado o jogo, mas não fizemos o 3 a 1 e depois aconteceu o empate. Se Portugal deseja ganhar todos os jogos em que participa, tem de fazer gols, mas obviamente que não pode sofrer depois - explicou o treinador.

Fernando Santos lamentou falha da defesa de Portugal no segundo gol da Tunísia.

- Defensivamente não tivemos tão bem como nos primeiros 30 minutos. O segundo gol não é normal, a segunda bola é importante, tenho dito isso aos jogadores. Não estou muito contente com isto. A equipe está sofrendo gols que não são normais.

No sábado, Portugal terá uma pedreira. A equipe vai a Bruxelas enfrentar a Bélgica, uma das seleções mais fortes da Copa do Mundo. Para o confronto, Fernando Santos terá à disposição Gelson Martins, Bruno Fernandes e Rui Patrício, que ganharam uns dias a mais de folga por terem disputado a final da Taça de Portugal pelo Sporting. A expectativa é pela presença de Cristiano Ronaldo ao menos no banco de reservas.

Portugal está no Grupo B do Mundial da Rússia junto com Espanha, Marrocos e Irã. A estreia é diante da Fúria, no dia 15 de junho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos