Hyoran diz que fica triste com vaias ao concorrente Lucas Lima

  • Ernesto Arias/EFE

    Hyoran tem ganhado espaço no Palmeiras e recebeu elogios de Roger

    Hyoran tem ganhado espaço no Palmeiras e recebeu elogios de Roger

A fase instável de Lucas Lima pode fazer Hyoran sonhar com uma vaga entre os titulares, mas o meia de 25 anos diz que fica triste com as vaias que o colega tem ouvido da torcida. O Palmeiras enfrenta o Cruzeiro às 21h45 desta quarta-feira, no Mineirão, pela oitava rodada do Brasileiro.

"Eu fico muito triste pela cobrança enorme em cima do Lucas Lima. Sabemos da qualidade dele, é nível seleção. Quando estou entrando, procuro não focar muito nisso porque tenho que entrar e corresponder. Depois, vendo tudo o que aconteceu, as vaias, os comentários, a gente fica muito triste. Ele é muito querido", disse o camisa 28, nesta terça.

Hyoran substituiu Lucas Lima no início do segundo tempo dos jogos contra América-MG e Sport. Nas duas ocasiões, a torcida hostilizou o camisa 20 no Allianz Parque. Depois da partida diante dos pernambucanos, quando o jovem marcou um golaço, Roger Machado disse que ele está "pedindo passagem". Na mesma resposta, porém, avisou que não vai desistir de Lucas.

"Eu venho buscando meu espaço desde que cheguei. Pela qualidade do grupo, nunca foi fácil e não vai ser fácil agora. Buscar uma vaga de titular é muito difícil. Eu vou continuar buscando meu espaço, trabalhando da melhor maneira. A hora que o Roger achar que for melhor eu ser titular, vou entrar e agarrar", disse Hyoran, sem saber se o momento está perto ou distante.

"Eu já tive uma oportunidade de começar jogando, que me surpreendeu, na Libertadores (vitória por 3 a 1 sobre o Alianza Lima, fora de casa). Eu estava trabalhando muito, preparado. Não sei se está perto ou se está longe (virar titular). Mas tem que continuar trabalhando dia a dia".

Hyoran estreou na temporada há pouco mais de um mês, no segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors (ARG). De lá para cá, passou a ser frequentemente utilizado por Roger Machado: já são sete partidas no ano, o mesmo número do ano passado inteiro. Em 2018, porém, ele já foi titular uma vez e marcou dois gols. Em 2017, não iniciou nenhum jogo e fez só um gol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos