Topo

Esporte


Palmeiras obtém efeito suspensivo para pena de Maurício Galiotte

2018-05-29T12:44:59

29/05/2018 12h44

O Palmeiras obteve um efeito suspensivo para os 45 dias de gancho aplicados pelo TJD-SP ao presidente Maurício Galiotte. Com isso, ele pode voltar a frequentar o vestiário da equipe e a dar entrevistas em dias de jogos até que se realize o julgamento do recurso. O dirigente cumpriu 14 dias da pena.

Galiotte foi punido por "desrespeitar membros da equipe de arbitragem ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões" na entrevista que deu logo após a final do Paulistão, em 8 de abril. Na ocasião, falou em "Paulistinha" e "campeonato manchado". O gancho podia variar de 15 a 180 dias.

O Palmeiras segue rompido com a Federação Paulista de Futebol e aguardando que o TJD-SP julgue o recurso para o pedido de impugnação da final do Estadual. O Verdão sustenta que houve interferência externa na anulação do pênalti marcado em disputa de Ralf com Dudu.

Mais Esporte