Sterling se defende após tatuagem: 'Jamais tocaria em uma arma'

Raheem Sterling causou polêmica durante a preparação da Inglaterra para a Copa do Mundo. O atacante do Manchester City postou uma foto no último domingo exibindo um rifle tatuado na perna. Por conta da imagem, recebeu diversas críticas.

- Quando você está treinando e percebe que não posta no Instagram há alguns dias - escreveu o jogador na legenda da foto.

Contudo, a imagem não foi bem recebida por muitos fãs. Um dos jornais mais sensacionalistas da Inglaterra, o "The Sun" estampou a foto em sua capa com a manchete: "Raheem atira no próprio pé". O tabloide diz que a tatuagem despertou a ira de quem defende o desarmamento no país.

Por conta da repercussão negativa, o atacante usou o próprio Instagram para se defender das críticas na última segunda-feira.

- Quando eu tinha dois anos, meu pai foi morto a tiros. Eu fiz uma promessa de que jamais tocaria em uma arma na vida. Eu chuto com minha perna direita, então tem um significado profundo. E ainda não está finalizada - explicou.

A Inglaterra fará estreia na Copa do Mundo no dia 18 de junho, em Volgogrado, contra a Tunísia. Bélgica e Panamá completam o Grupo G.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos