Uefa descarta punição a Sergio Ramos após lance com Salah

A Uefa anunciou nesta terça-feira que não punirá o zagueiro Sergio Ramos pela jogada que resultou na lesão no ombro de Mohamed Salah. Segundo o jornal "Mundo Deportivo", a entidade afirmou que não aplicará sanções para casos de conduta grave não vistos pela arbitragem.

A disputa entre Sergio Ramos e Salah ocorreu aos 24 minutos do primeiro tempo da final da Liga dos Campeões, vencida pelo Real Madrid por 3 a 1 sobre o Liverpool. O zagueiro puxou pelo braço o atacante, que caiu por cima do ombro esquerdo. O egípcio teve diagnosticado entorse no local e já faz tratamento intensivo para estar apto a jogar a Copa do Mundo.

Por conta da lesão em seu principal jogador, torcedores egípcios fizeram petição na internet na última segunda, pedindo a punição a Sergio Ramos. O defensor espanhol foi criticado por supostamente travar de propósito o braço direito de Salah, impedindo que ele se protegesse na queda.

Além da petição, um advogado egípcio entrou com ação contra Sergio Ramos pedindo 1 milhão de euros (R$ 4,3 milhões) de indenização. Bassem Wahba acusa o jogador de intenção em lesionar Salah, o que teria causado danos psicológicos ao atacante do Liverpool e a todo povo do país africano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos