Na bronca, dirigente do Botafogo cobra Comissão de Arbitragem: 'O juiz precisa pagar'

O Botafogo segue sem digerir o pênalti mal marcado diante do São Paulo, quando o time de Alberto Valentim vencia por 1 a 0, no Morumbi. E mais: acumulou com um lance contra o Vitória que também é contestado, em duelo que terminou empatado no último domingo. Nesta tarde, Anderson Barros, gerente de futebol do Alvinegro, foi aos microfones, durante o treino, e reclamou da ausência de explicações da Comissão de Arbitragem.

Além disso, Barros afirmou que o Botafogo irá enviar um ofício à Confederação Brasileira de Futebol, cobrando punição aos árbitros envolvidos nos dois jogos, especificamente - Flávio Rodrigues de Souza e Wilton Pereira Sampaio.

- Era importante que a gente falasse, até pelo que aconteceu nos últimos dias com a gente. Vivemos problemas sérios hoje, com falta de credibilidade, no futebol, na vida política... A coisa tende a piorar quando não tomamos medidas. Vimos erros contra o Vitória, um pênalti claro não marcado a nosso favor, e contra o São Paulo. Foi comentado em todos os meios de comunicação e não houve um comunicado da Comissão de Arbitragem. O árbitro precisa pagar pelo erro, como o Botafogo é cobrado internamento quando há erros. Não podemos permitir esse tipo de postura. O Wilton é um árbitro experiente, ele não pode errar daquela forma. Está em jogo a credibilidade do nosso futebol. A gente percebe que a falta de confiança no que trabalhamos é grande.

- Se a nossa equipe não joga bem, não temos o resultado positivo, eu sou cobrado, o Alberto é cobrado, os jogadores são cobrados pela nosso presidente e vice-presidência. O erro faz parte, não estou julgando isso, mas, sim, a permissividade quanto aos erros dos árbitros. Vou citar o Flávio de Souza no jogo contra o Vitória. Vou lembrar bem para vocês. No lance do Jucilei, havia um auxiliar a dois metros, e ocorreu a agressão (cotovelado em cima de Matheus Fenrnades). Por que eles não podem pagar pelos erros? O nosso grande problema é a questão de credibilidade, o que o país passa hoje... Quantos dirigentes já foram aos microfones reclamar, e o que aconteceu? Absolutamente nada - completou o gerente de futebol.

O LANCE CONTRA O VITÓRIA

Contra o São Paulo, o duelo terminou com vitória para o Tricolor por 3 a 2. Agora, o time de Valentim precisa virar a chave e deixar o tema arbitragem de lado para focar no Vasco, em confronto a ser realizado neste sábado, em São Januário. O clássico será válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos