Após revés, Guto Ferreira garante que não se vê pressionado no Bahia

Na tarde deste domingo, o Bahia colecionou mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Desta vez, o Esquadrão de Aço foi derrotado pelo Grêmio e vai encerrar a rodada na zona de rebaixamento.

Nos vestiários, o técnico Guto Ferreira falou sobre a pressão no cargo e garantiu que tem toda a tranquilidade da diretoria para trabalhar com os atletas e buscar os resultados.

"Não me vejo pressionado pela diretoria e não irei pressionado para o duelo contra o Paraná. Vou desenvolver meu trabalho tranquilamente e buscar o melhor resultado para o Bahia", afirmou.

Questionado sobre o confronto, o comandante viu sua equipe jogar melhor que o adversário, fato que o deixa orgulhoso.

"Tomamos um gol muito cedo e não abrimos mão de pressionar. O Grêmio jogou fechadinho, no contra-ataque. Acho que, diante do atual campeão da América, com valores de investimento altíssimo e jogadores fantásticos, a nossa equipe atuou muito bem e acredito que encarou de igual. Não conseguimos vencer hoje, mas tenho orgulho do meu elenco", afirmou.

Na próxima rodada, o Bahia volta a campo contra o Paraná, fora de casa, para buscar a reabilitação no Brasileirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos