Mudança tática e talento de Neymar dão vitória ao Brasil contra a Croácia

Não foi fácil, como já era esperado dada a qualidade da Croácia, mas a Seleção Brasileira saiu vitoriosa do amistoso deste domingo em Liverpool no estádio de Anfield. O triunfo de 2 a 0 saiu com gols de Neymar e Roberto Firmino, que entraram no segundo tempo. O camisa marcou em sua primeira partida depois de se recuperar de uma fratura no quinto metatarso do pé direito, lesão sofrida há três meses. Um ótimo sinal para os brasileiros. Às vésperas da Copa do Mundo na Rússia, o craque está de volta. O seu talento e uma mudança tática importante no intervalo deram a vitória ao Brasil, complementada com um gol de Firmino no fim. Esperado porque ele jogava em casa, já que é atleta do Liverpool. Foi muito aplaudido.

Brasil travado, Croácia melhor

A Seleção Brasileira teve muita dificuldade no primeiro tempo e foi superada pelo ótimo jogo croata. Com jogadores de altíssimo nível como os meias centrais Rakitic, do Barcelona, e Luka Modric, do Real Madrid, os europeus fizeram marcação alta sobre o Brasil e impuseram seu jogo na maioria do tempo. Apertada, a saída de bola brasileira foi muito deficiente, seja com os zagueiros, seja com a dupla central Casemiro-Fernandinho, esse último uma novidade no time. O desafogo da Seleção era pelos lados, principalmente com Willian, auxiliado por Danilo. Mas foi muito pouco. As principais chances, como uma cabeçada de Louvren, foram da Croácia. O Brasil nem assustou, limitando-se a duas finalizações ruins de Coutinho.

Da água para o vinho

?No intervalo, Tite fez a mudança esperada. Lançou Neymar no lugar de Fernandinho, recuando Philippe Coutinho para a articulação no meio de campo. A mudança foi surtida logo nos primeiros minutos, com o jogo brasileiro encaixando melhor sobre o croata. Bastante acionado, o camisa 10 não demonstrou limitação e foi perseguido com faltas, como de costume. O Brasil passou a jogar mais no campo da Croácia, que deixou de criar chances.

O gol da mudança

?Saiu aos 23 minutos do segundo tempo e foi retrato fiel da melhora com a substituição de Tite. Willian recebeu no meio caindo pela direita, e enxergou Coutinho adiantado pelo lado esquerdo, mas ainda na faixa central do campo, porém entre as linhas dos croatas. Foi a quebra de marcação. O camisa 11 então conduziu a bola até Neymar, que encaminhou a vitória com a conclusão no terço final que lhe é característica. A bola bateu no travessão e entrou. Tite e os brasileiros sorriram. Fernandinho talvez nem tanto.

Os testes: ponto para Firmino

Com o jogo mais calmo depois do gol, além da baixa de guarda da Croácia, que passou a tirar seus principais jogadores, como Modric, Tite fez as observações. Entraram Marquinhos, Filipe Luis, Fred, Firmino e Taison. Nada muito destacado, a não ser para Roberto Firmino. No Anfield que ele conhece muito bem, deixou sua marca com um gol de cobertura no último lance e colocou uma pulga atrás da orelha de Tite, sobretudo porque Gabriel Jesus teve atuação discreta. A posição de centroavante é uma das que mais tem disputa para a Copa. Qual peso terá o gol do sorridente Firmino?

O próximo passo

?O Brasil retorna aos treinos em Londres e no próximo domingo faz o último teste antes da Copa, desta vez contra a Áustria, na capital austríaca. Nova chance para Tite fazer observações para encarar a Suíça no dia 17 em Rostov, abertura do Mundial para a Seleção. Por ora, é comemorar que Neymar voltou

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 X 0 CROÁCIA

Local: Anfield Road, Liverpool (ING)

Data-Hora: 3/6/2018 - 11h

Árbitro: Michael Oliver (ING)

Cartões amarelos: Fernandinho (BRA); Perisic, Kramaric e Rakitic (CRO)

Cartões vermelhos: -

Gols: Neymar (23'/2ºT) (1-0) e Firmino (47'/2ºT) (2-0)

BRASIL: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda (Marquinhos, 19'/2°T) e Marcelo (Filipe Luis, 14'/2°T) ; Casemiro, Fernandinho (Neymar, intervalo) e Paulinho; Willian (Taison, 36'/2°T), Philippe Coutinho (Fred, 36'/2°T) e Gabriel Jesus (Firmino, 14'/2°T) Técnico: Tite.

CROÁCIA: Subasic, Vrsaljko (Jedvaj, 42'2°T) Lovren, Vida e Corluka (Caleta-Car, 7'/2°T); Badelj (Brozovic, 15'/2°T) e Rakitic (Bradaric, 37'/2°T) ; Perisic, Modric (Kovacic, 9'/2°T) e Rebic ( Pjaca,18'2°T); Kramaric . Técnico: Zlatko Dalic.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos