André Lima sobre duelo contra o São Paulo: 'Sempre deixo a minha marca contra eles'

Embalado pelos últimos dois resultados positivos no Brasileirão, o Vitória chega ao Morumbi empolgado para acabar com um tabu: o time de Salvador nunca venceu na casa do São Paulo e desde 1994, só acumula derrotas.

Mesmo com os números assustadores, o atacante André Lima confia que o Leão possa finalmente quebrar esse jejum e encerrar a primeira parte do Brasileirão fora da zona de rebaixamento.

"Vejo de uma maneira assim: tabus são para serem quebrados. Não significa que nós vamos quebrar. Ao mesmo tempo, também, se não quebramos, vai continuar. Não somos nós, os atletas de hoje, que estamos com esse tabu. É o clube, a instituição em si. Para a gente quebrar esse tabu, a gente tem que ser cirúrgico. O que é ser cirúrgico? Não tomar o gol e, na hora que tiver a oportunidade, fazer. E depois, é claro, automaticamente, nos defendermos e sairmos no contra-ataque para que possamos conquistar os três pontos", declarou na entrevista coletiva.

Além da confiança para vencer o São Paulo fora de casa, o centroavante aposta na famosa lei do ex. Entre 2008 e 2009, o atacante vestiu a camisa do Tricolor e relembrou o excelente retrospecto diante do time paulista.

"Sempre que jogo contra o São Paulo costumo deixar a minha marca lá. Aquela famosa lei do ex. Mas é muito relativo. Vale ressaltar o ponto importante de nossa defesa, nosso time, a constância. A confiança está voltando", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos