Argentina faz treino aberto na Rússia e Sampaoli tem dúvidas para estreia

A seleção argentina abriu os portões de seu centro de treinamentos em Bronnitsy, na Rússia, e trabalhou diante de centenas de torcedores e jornalistas nesta segunda-feira. As equipes são obrigadas pela Fifa a fazer ao menos uma atividade aberta para o público.

O treino aberto foi realizado no período da tarde na Rússia (fim da manhã no Brasil) e resumiu-se a uma movimentação em espaço reduzido. O meia Éver Banega, que sente dores na panturrilha desde o fim da semana passada, fez trabalhos físicos à parte.

Mais cedo, Jorge Sampaoli comandou uma atividade tática e indicou que tem dúvidas para escalar a equipe que enfrentará a Islândia, sábado, às 10h (de Brasília), em Moscou.

Um dos pontos de interrogação está na lateral direita. Toto Salvio, titular na vitória por 4 a 0 sobre o Haiti, em La Bombonera, no último amistoso da equipe, é a alternativa mais ofensiva - ele atua como ponta no Benfica (POR). Seu concorrente é Gabriel Mercado, do Sevilla (ESP). Ambos foram testados.

Sampaoli também fez observações no meio de campo. Lucas Biglia, volante do Milan (ITA), e Giovani Lo Celso, meia do PSG (FRA), se revezaram na equipe titular. O primeiro fortalece a marcação, enquanto o segundo aumenta a criatividade.

Wilfredo Caballero, do Chelsea (ING), tem trabalhado como titular no gol - Romero foi cortado por lesão. No ataque, Sergio Aguero, do Manchester City (ING), largou em vantagem sobre Gonzalo Higuain, da Juventus (ITA).

A Argentina tem treinado com Caballero, Salvio (Mercado), Otamendi, Rojo e Tagliafico; Mascherano, Biglia (Lo Celso) e Messi; Meza, Di María e Aguero.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos