Apodi rescinde contrato e não é mais jogador da Chapecoense

  • Ricardo Luis Artifon/AGIF

    Apodi divide a bola com Bruno Silva no jogo entre Chapecoense e Cruzeiro

    Apodi divide a bola com Bruno Silva no jogo entre Chapecoense e Cruzeiro

O lateral direito Apodi rescindiu o contrato com a Chapecoense, clube pelo qual atuava desde 2015. O destino ainda não é conhecido, mas trata-se de uma equipe do exterior.

A Chape já estava atenta ao mercado em busca de um meio-campista. Agora, com a saída de um dos titulares absolutos da equipe, a diretoria terá que avaliar a necessidade de contratar também outro atleta para a posição. Nesta temporada, o lateral disputou 26 partidas. Só ficou de fora do time principal quando esteve suspenso ou lesionado.

Sem Apodi, a Chapecoense tem à disposição Eduardo e Marcos Vinicius. Eduardo foi titular em 10 jogos na temporada, já Marcos Vinícios, de apenas 21 anos, ainda não estreou na equipe alviverde.

Natural do Rio Grande do Norte, Apodi começou a carreira no Vitória e se destacou em 2007, quando foi eleito o melhor lateral-direito da Série B do Brasileirão. Depois foi para o Cruzeiro, mas não conseguiu se firmar. Passou por Santos, São Caetano, Bahia, Guarani e Ceará, além de defender o japonês Tokyo Verdy.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos