Especialistas africanos analisam o que esperar da seleção de Senegal

O L! conversou com três jornalistas africanos sobre o que esperar de Senegal na partida desta terça-feira, na Arena Spartak, em Moscou, contra a Polônia, pelo Grupo H da Copa do Mundo. E, também, qual a ambição do time comandado por Ailou Cissé na competição. A opinião é a de que os africanos brigarão por uma vaga às oitavas, desde que consigam bom resultado na estreia. Daí para a frente, o que vier é lucro.

A aposta no sucesso contra os poloneses está em cima de dois jogadores: o atacante Mané e o zagueiro Koulibaly.

O defensor do Napoli é visto como o cara que tem tudo para anular o goleador Lewandowski. A análise do Hyacinthe Diandy, do "Le Quotidien" mostra o motivo.

- Nossa defesa é muita alta e não vai dar moleza para o jogo aéreo. Koulibaly, que tem 1.95m e é rápido e técnico, é quem vai colar no Lewandowski (NR: dez centímetros mais baixo). Pelo alto, o artilheiro não deve conseguir muita coisa contra um dos melhores defensores do mundo. Parando o craque deles, o caminho está traçado para o sucesso. Afinal, temos jogadores muito qualificados no ataque. Só não saberia se, passando pela Polônia, terminaremos em primeiro ou em segundo - disse Hyacinth, que considera a Colômbia como a melhor seleção do Grupo H.

Um dos analistas do "Le Soleil", jornal da capital Dakar, Cheikh Keita é um pouco mais crítico. Vê com reservas a classificação para as oitavas, já que está obvia para ele a dependência de um bom resultado na estreia e há uma grande pressão para isso. Keita prefere exaltar aquilo que vê como a maior virtude senegalesa: o entrosamento de sua dupla de ataques.

- Sadio Mané e Sakho se complementam, jogam para o grupo e buscam o gol. Torço para que eles façam uma belíssima partida de estreia, que essa pressão toda em cima do Mané não o atrapalhe. Somente depois do resultado com a Polônia é que saberemos qual será a real ambição da nossa equipe neste grupo onde as forças se equivalem.

Jornalista da "RTI" Rádio e TV da Costa do Marfim, o comentarista Rash Guessan vê Senegal como a seleção africana com as maiores possibilidades de classificação às oitavas, embora esteja num grupo com dois fortes rivais (já descartando o Japão), pois conta com Mané, para ele o melhor jogador africano do momento.

- Senegal não é favorito contra a Polônia, mas não é surpresa se vier a ganhar este primeiro jogo. Para isso, tem de parar o jogo ofensivo do rival e deixar de ser irregular , como vimos nos amistosos, quando foi bem num jogo ( 2 a 0 na Coreia do Sul), mal nos outros (empate com Luxemburgo e derrota por 2 a 1 para a Croácia). Vejo Senegal com um ataque fortíssimo e ter Mané, um jogador de nível internacional e que vive a melhor fase da carreira, pode fazer a diferença.

O que Guessan não acredita é que Senegal tenha vida longa na Rússia. A fase de oitavas de final seria o limite:

- Está bom chegar nas oitavas. Já terá honrado o futebol africano, que não começou muito bem este Mundial. Nas oitavas, o adversário seria Inglaterra ou Bélgica. Extremamente fortes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos