Kane vale quase três vezes mais que a Tunísia, rival na estreia na Copa

Harry Kane é a grande esperança da Inglaterra para fazer um bom papel na Copa do Mundo. O atacante é o principal nome da seleção e o jogador mais valioso. O valor de mercado do jogador é de 150 milhões de euros (R$ 657,3 milhões), quase o triplo de toda a seleção da Tunísia, rival da estreia na Copa do Mundo nesta segunda-feira, às 15h (de Brasília), em Volgogrado. Os africanos estão avaliados em 58,88 milhões de euros (R$ 258 milhões), segundo o site "Transfermarkt".

Kane é um dos jogadores mais cobiçados do futebol europeu. Há alguns dias, ele renovou contrato com o Tottenham até 2024, afastando o interesse de gigantes como o Real Madrid.

Pelo lado da Tunísia, o atacante Wahbi Khazri, que pertence ao Sunderland e atuou no Rennes na última temporada, estão avaliados em 10 milhões de euros (R$ 43 milhões) cada um deles.

Os jogadores da seleção inglesa insistem em dizer que a equipe não se resume apenas a Kane. Em relação aos valores, ele é soberano. O segundo melhor avaliado do grupo britânico é Dele Alli, companheiro do "Furacão" no Tottenham, que vale 100 milhões de euros (R$ 433).

- Bem, todo mundo sabe tudo o que envolve o Harry Kane. Ele é um artilheiro, um excelente profissional. Mas se você vir todo o nosso time, nós temos vencedores, nós temos craques em todas as áreas do campo, não é apenas Harry. Nós temos uma linha de ataque forte, com muita velocidade, jovem e garotos que têm grande futuro pela frente - afirmou o lateral-direito Trippier:

- Ele é um grande líder, você pode ver isso, dentro e fora de campo. Um profissional de alto nível, mesmo fora de campo, ele fala com todos um a um. Ele é uma pessoa excelente. Se você precisa de qualquer ajuda que seja, ele está lá para ajudá-lo individualmente ou como um grupo. Não há melhor pessoa para nos liderar na Copa do Mundo - completou o jogador do Tottenham.

KANE DE OLHO NA ARTILHARIA DA COPA

A primeira rodada da fase de grupos está chegando ao fim, mas o duelo dos artilheiros segue a todo vapor. Se Cristiano Ronaldo fez três na Espanha, Harry Kane quer seguir os passos do português nesta segunda-feira, quando a Inglaterra enfrenta a Tunísia.

Harry Kane tem apenas 24 partidas e 13 gols pela seleção inglesa, mas precisa convencer em grandes torneios e ajudar a Inglaterra a chegar nas fases mais agudas da competição.

Para isso, Kane precisa ser o matador do Tottenham, aquele que aniquila os rivais na Premier League. Na última temporada, foram 30 gols somente no Inglês, terminando em segundo na tabela de artilheiros, com dois a menos que Mohamed Salah, do Liverpool.

Harry Kane deixou claro que está na briga pela Chuteira de Ouro da Copa do Mundo.

- Ele botou um pouco de pressão, com certeza. Obviamente, é um jogador fantástico e teve um jogo fantástico, mas tenho que me concentrar em mim e no time. Espero poder marcar um hat-trick na segunda-feira e estaremos no mesmo nível. Mas não é algo que vou pensar muito, vamos esperar o final do torneio.

Kane será o capitão da Inglaterra. Mais uma responsabilidade assumida pelo atacante, de apenas 24 anos, que deseja repetir o feito de Gary Lineker como o único inglês artilheiro de uma Copa do Mundo.

- Kane é o talismã da Inglaterra e ele não terá medo do desafio. No momento da verdade, essa fração de segundo que separa os principais artilheiros do resto, invariavelmente ele entrega. Seu registro nos últimos quatro anos é fantástico - afirmou Lineker, ao "Daily Mirror":

- A Chuteira de Ouro não é o principal objetivo da Copa do Mundo, mas é necessário ir longe para vencê-la. Às vezes você precisa de um momento de luz, onde tudo se encaixe perfeitamente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos