Cionek lamenta gol contra e define jogo contra a Colômbia como decisivo

O zagueiro Thiago Cionek jamais vai esquecer o encontro diante do Senegal, ocorrido nesta terça-feira, no Spartak Stadium, em Moscou (RUS). Contudo, o primeiro jogo do brasileiro naturalizado polonês em Mundiais ficará marcado pelo gol contra que acabou marcando na derrota de seu país pelo placar de 2 a 1, na primeira rodada do Grupo H da Copa do Mundo.

Após a partida, Cionek tentou explicar o que aconteceu no primeiro tempo, que acabou abrindo o caminho para a vitória senegalesa.

- Foi muito rápido o lance, não tive tempo de reagir. A impressão que eu tinha era que a bola ia para o gol, tentei fechar e bateu. Mas não tem tempo para ficar lamentando. O segundo gol foi um erro de comunicação ali, entre zagueiro, goleiro, teve também o jogador deles que entrou ali, estava fora do campo em atendimento - analisou.

Apesar do resultado ruim, Cionek relatou o orgulho por poder representar a Polônia e atuar em uma edição de Copa do Mundo.

- É o sonho depois de anos e anos de dedicação. O topo de um jogador, feliz por estar aqui, família orgulhosa. É o time agora focar para seguir e vencer na competição - disse o zagueiro, que não escondeu a importância que o confronto diante da Colômbia, em Kazan, ganhou após a derrota:

- Vai ser pressão para os dois times, jogo decisivo. Temos que descansar bastante, e nos concentrarmos - declarou.

Com os resultados da primeira rodada, a Polônia e a Colômbia, em tese favoritos nesta chave, seguem zerados. Por isso, o encontro que acontece no domingo, às 15 (de Brasília), será decisivo para ambos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos