Neymar, manutenção de time, bola parada: o treino da Seleção em Sochi

A Seleção Brasileira finalizou na tarde desta quarta-feira em Sochi a preparação antes de viajar a São Petersburgo, onde na sexta encara a Costa Rica pelo segundo jogo da Copa do Mundo. O treino foi fechado à imprensa, mas teve a presença de Neymar, muitos ajustes feitos por Tite e foco grande na bola parada, tanto defensiva quanto ofensiva.

O craque foi objeto de preocupação, já que deixou o treino de terça mancando e sentindo dores no tornozelo direito. Mas se mostrou recuperando, tanto que fez até golaço de falta em Alisson, imagem divulgada pela CBF. Neymar bateu com categoria, no ângulo direito do goleiro, sem chance.

Com Neymar, Tite consegue aplicar a ideia de não mexer no time. Durante a semana após a frustrante estreia contra a Suíça, empate por 1 a 1, ele não fez alterações no time. Observou alternativas, mas desde o jogo já tinha a intenção de não mexer. O comandante acredita que o time precisa de ajustes técnicos e táticas e não mudanças na escalação para se recuperar e bater a Costa Rica sexta. A inversão das jogadas, mais trabalhadas pelo lado direito, é um dos fatores mais importantes e treinados na semana.

Outro foi a bola parada. O gol suíço saiu após cobrança de escanteio, em que o atacante Zuber subiu sozinho dentro da pequena área para completar de cabeça. Houve reclamação de suposta falta em Miranda, mas Tite quer que os jogadores se atenham a aperfeiçoar a marcação e o posicionamento neste tipo de situação.

Se tudo ocorrer como Tite espera, a Seleção Brasileira iniciará a segunda partida com Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

O treinador viu muitos jogadores abaixo do esperado, casos de Marcelo, Paulinho, Willian e o próprio Neymar, e acredita que será muito difícil que isso se repita, já que a regularidade é uma das marcas desta Seleção. Na cabeça de quem está perto da Seleção, membros da comissão, foi a atuação mais abaixo desde que o técnico assumiu o time. Até o momento, são 22 jogos, com 17 vitórias, quatro empates e apenas uma derrota.

A Seleção ainda faz o tradicional treino de reconhecimento do gramado em São Petersburgo nesta quinta-feira, quando Tite concederá entrevista coletiva e o capitão do time será anunciado. Na estreia, ficou com Marcelo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos