Zagueiro sueco vê Alemanha mordida, mas diz: 'Confiamos em nós'

A Suécia não quer nem cogitar uma Alemanha, próxima adversária, com uma postura similar a do jogo contra o México, na estreia do Grupo F da Copa do Mundo, cujo resultado para as alemães foi uma derrota diante do México.

Para o zagueiro sueco Pontus Jansson, em entrevista ao site da Fifa, pediu uma atenção redobrada diante dos alemães, últimos campeões mundiais, e confiança para que o resultado contra a Coreia do Sul, uma vitória também por 1 a 0, se repita agora em Sochi, pela segunda rodada.

- Sabemos que a Alemanha é uma grande equipe. No jogo contra o México, eles não jogaram da maneira como costumar atuar. Acho que isso deve ter ligado o sinal de alerta para eles, que devem vir com tudo para essa partida. Então, temos que estar ligados desde o primeiro minuto - comentou Jansson.

- Temos extrema confiança em nossa seleção. Não sei qual a expectativa que os outros têm em relação ao nosso time. Nós vamos pensando a cada jogo. Como o Janne (Andersson, treinador da seleção sueca) diz vamos fazer o melhor a cada jogo e ver o quão longe nós poderemos ir - completou.

Jansson foi titular até pelo contratempo de última hora envolvendo o badalado jovem Victor Lindelöf, do Manchester United e que sentiu-se mal pouco antes da estreia. Agora, a Suécia se preparara para enfrentar a zerada Alemanha neste sábado, às 15h (de Brasília), no Estádio Olímpico de Sochi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos