'Em precisão, ainda estamos devendo', diz Tite

Na coletiva de imprensa, nesta sexta-feira, após a vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica, Tite não escondia o alívio com o dramático e importante triunfo na Arena São Petersburgo, que deixou a Seleção bem perto da classificação para as oitavas de final. Encantado com o comportamento emocional do time, que soube vencer, nos acréscimos, um jogo em que nada parecia dar certo no ataque, ele viu muitos pontos positivos, mas deixou claro que há um calcanhar de Aquiles que ele precisará ser ajustar: a eficácia na finalização.

- Voltamos a ir muito bem defensivamente e tivemos volume de finalização. A Costa Rica teve três oportunidades no jogo, Miranda e Thiago Silva jogaram demais. E no ataque? Quantas chances nós conseguimos? Quase 20. Mas sei que ainda estamos devendo na conclusão. Quero maior precisão. Como eu disse aos atletas: "Incha a mão do Navas, quero que acertemos o gol, pois aí a bola entra". No gol, por exemplo, a bola foi na direção certa, passou por entre as pernas do Navas e entrou.

Analisando o time, Tite viu dois tempos distintos. Achou o primeiro bem ruim, mas se entusiasmou com o que o time apresentou na etapa final, dando destaque especial para a atuação de Douglas Costa, que substituiu Willian no intervalo, e lembrando fato de o time não ter se desesperado com o 0 a 0 que persistiu até os 45 da etapa final:

- O primeiro tempo foi nervoso, não fomos bem. Mas fizemos um grande segundo tempo. Com volume de finalização e precisão. Douglas Costa entrou bem, acompanhando as jogadas e dando amplitude pela direita. Mas o importante foi não desesperar. O gol demorou a sair? Mas contra a Costa Rica tivemos 95 minutos para decidir. E decidimos. Essa é a capacidade mental que uma competição como a Copa do Mundo exige. E nos temos isso.

A vaga às oitavas está bem encaminhada, mas o treinador diz que terminar em primeiro ou em segundo não o fator prioritário no momento.

- A busca de ser primeiro não está em pauta. Quero consolidar e crescer na própria competição. E estou gostando do que vejo.

A comemoração

Animado, Tite também falou sobre a sua comemoração no gol de Coutinho. Ele teve uma queda que viralizou.

- Estão rindo porque não foi com vocês. Na hora acabei caindo, nem consegui andar direito e ainda veio alguns jogadores em cima de mim. Queria ir até lá comemorar com os jogadores. Mas parei - disse, rindo muito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos