Henderson defende Sterling como titular diante do Panamá

A Inglaterra deve entrar diferente na segunda rodada do Grupo G contra Panamá, no domingo, às 9h (de Brasília). Uma mudança é quase certa: Dele Alli não deve reunir condições de jogo por conta de lesão muscular na coxa, e Loftus-Cheek é o provável substituto.

Outra possível alteração é a saída de Raheen Sterling do time titular, dando lugar a Marcus Rashford. A especulação ganhou força após a imprensa britânica divulgar imagem de uma formação tática da mão de Steve Holland, assistente do técnico Gareth Southgate.

Sterling não foi bem na estreia da Inglaterra na Copa do Mundo, na vitória por 2 a 1 sobre a Tunísia, na última segunda-feira. Apesar de estar cotado para deixar o time, o atacante do Manchester City ganhou apoio de Jordan Henderson.

- Eu não acho que deva haver qualquer barulho sobre a performance dele contra a Tunísia. Eu vejo o que ele traz para o time, com sua velocidade, correndo entre as linhas, e acho que ele é um grande jogador. É sempre uma ameaça, trabalha duro. Está acostumado com a pressão e vai saber lidar bem com isso - afirmou Henderson.

Caso as mudanças sejam confirmadas para o duelo contra o Panamá, a Inglaterra será escalada assim: Pickford; Walker, Stones e Maguire; Trippier, Henderson, Loftus-Cheek, Lingard e Young; Rashford e Kane.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos