Técnico do Irã: 'Fórmula mágica para parar CR7 é Portugal não escalá-lo'

Sempre sincero, Carlos Queiroz, português à frente da seleção do Irã, apontou uma bem-humorada maneira de impedir que Cristiano Ronaldo decida o jogo entre as seleções nesta segunda-feira, na Copa do Mundo. E a estratégia passa por uma ajuda de Fernando Santos, técnico dos lusitanos.

- A fórmula mágica para parar este Cristiano Ronaldo era o Fernando não o escalar, mas não creio que vá tomar esse risco - afirmou, sorrindo, e tentando indicar que a declaração sirva como um estilo aos seus comandados.

- Temos de levar isto com sentido de humor e tranquilidade. Vai ser interessante ver como um grupo que é capaz de se super-sacrificar, se super-bater e se superar vai conseguir parar um super-jogador - prosseguiu.

O Irã chega à última rodada do Grupo B dependendo somente de si para chegar pela primeira vez em sua história às oitavas de final de um Mundial. Como tem três pontos, um abaixo dos líderes Portugal e Espanha, basta vencer para se classificar.

- Alguns não queriam sequer que o Irã estivesse aqui, chegamos por mérito próprio. Ninguém dava nada por nós e nem sequer nos davam o direito de sonhar. Tivemos que nos inspirar e lutar muito para manter esta convicção de que o sonho vale a pena. Temos de trabalhar muito para chegar à segunda fase. Mas já nos sentimos felizes e orgulhosos pelo que fizemos - disse Queiroz.

O Irã estreou vencendo Marrocos por 1 a 0, graças a gol contra nos acréscimos, e, na segunda rodada, pressionou, mas acabou perdendo por 1 a 0 para a Espanha, na última quarta-feira. Contudo, tem chance de avançar até se empatar diante de Portugal, em Saransk, às 15h (horário de Brasília) de segunda-feira, contanto que os espanhóis percam dos já eliminados marroquinos, o que torna a combinação bastante improvável.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos