Argentina libera visita de parentes de atletas e treina com três desfalques

De esperança renovada para continuar na Copa do Mundo, a Argentina liberou a visita de familiares na concentração neste sábado. Em campo, o treino, já visando a partida de terça-feira, contra a Nigéria, teve os desfalques dos zagueiros Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi e do meio-campista Lucas Biglia.

Mercado e Otamendi, titulares na derrota por 3 a 0 para a Croácia, na quinta-feira, ficaram em tratamento de pancadas no joelho direito, sendo que Mercado também recebeu um forte golpe na região lombar na partida. Já Biglia, que virou reserva no último jogo, machucou o joelho em dividida no treino dessa sexta e, por isso, virou ausência na atividade.

A atividade no Centro de Treinamento de Bronnitsy, onde os argentinos têm treinado na Rússia, ficou marcada pela falta de sorrisos e expressão séria dos jogadores. O time ainda não ganhou na Copa do Mundo e, para continuar no torneio, precisa derrotar a Nigéria, nesta terça-feira, e torcer para que a Islândia tropece diante da já classificada Croácia ou, no máximo, vença com diferença de gols inferior à imposta pelos comandados de Jorge Sampaoli.

Pressionado e, inclusive, alvo de rumores recentes de que sairia do cargo ainda durante o Mundial a pedido do elenco, o técnico Jorge Sampaoli manteve-se afastado dos jogadores durante o treinamento. Passou a maior parte do tempo fazendo anotações.

Enquanto os três goleiros fizeram trabalho separado, os 17 jogadores de linha à disposição fizeram treino em campo reduzido. Com Messi e Banega como curingas, um time tinha Ansaldi, Fazio, Lo Celso, Meza, Dybala, Pavón e Aguero (Acuña entrou depois). O outro era composto por Salvio, Rojo, Tagliafico, Mascherano, Di María, Higuaín e Enzo Pérez.

A imprensa argentina crê que a aparição de Banega como curinga, alternando-se entre os dois times, assim como Messi, é uma indicação de que ele pode ser titular contra a Nigéria. Outra mudança indicada pelo jornal Olé é debaixo das traves, com a tão pedido saída de Caballero, que falhou entregando a bola no primeiro gol croata.

Pressionado, o goleiro foi o primeiro a receber visita dos familiares. Caballero tem sofrido com ofensas nas redes sociais e, como sua esposa teria que pegar um voo mais tarde, recebeu liberação para entrar na concentração cinco horas antes do que estava permitido para os outros.

Lanterna do Grupo D, com um ponto e -3 de saldo de gols, a Argentina enfrenta a Nigéria às 15h (horário de Brasília), em São Petersburgo. Os africanos, com três pontos, podem se classificar com um empate, caso a Islândia (dona de um ponto e -2 de saldo de gols) não vença a Croácia, que deve poupar titulares, pois soma seis pontos e é a única já classificada na chave.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos