Na Copa por 'acaso', jovem quer se firmar como titular na Inglaterra

A Inglaterra deve ter o desfalque de Dele Alli contra o Panamá neste domingo, quando enfrenta o Panamá às 9h (de Brasília). O meia tem lesão na coxa direita e deve ser preservado para o restante da Copa do Mundo. Em seu lugar, Gareth Southgate deve escalar Ruben Loftus-Cheek.

O meia é um dos principais nomes da nova geração da Inglaterra. Com apenas 22 anos, Loftus-Cheek é cria do Chelsea, mas não teve sequência em Stamford Bridge. Tanto que na última temporada acabou emprestado ao Crystal Palace. Foram 25 partidas e dois gols. Ele passou um tempo fora por conta de algumas lesões.

A ida de Loftus-Cheek para a Copa do Mundo só foi possível por conta da lesão de Alex Oxlade-Chamberlain, do Liverpool, na semifinal da Liga dos Campeões contra a Roma. O meia dos Reds teve uma lesão no ligamento do joelho direito e não teria tempo de se recuperar para jogar a competição.

Agora, ele está perto de fazer a sua primeira partida como titular da Inglaterra na Copa do Mundo. Contra a Tunísia, entrou aos 35 do segundo tempo justamente no lugar de Dele Alli.

Técnico de Loftus-Cheek no Crystal Palace, Roy Hodgson foi só elogios ao jogador.

- Eu não trabalhei com muitos jogadores melhor que ele. Ele simplesmente não tem nenhum ponto fraco.

Na última quinta-feira, a imprensa inglesa flagrou anotações do auxiliar técnico Steve Holland, que apontavam a ausência de Alli por questões médicas e a inclusão de Loftus-Cheek. No entanto, Gareth Southgate não confirmou a equipe para o duelo contra o Panamá e afirmou que a foto "não era a do time".

NOVATO NA SELEÇÃO INGLESA

Loftus-Cheek é um dos mais novos da seleção. Ganhou a chance na Copa do Mundo mesmo com poucos minutos pela Inglaterra. Contando a partida contra a Tunísia, já na Copa do Mundo, o meia tem apenas cinco jogos. Sua estreia foi contra a Alemanha, em amistoso no ano passado.

No entanto, ele é velho conhecido de Gareth Southgate, que o comandou na seleção sub-21. Por conta dessa relação, tem a confiança do treinador.

- Qualidade de Loftus-Cheek é uma mais-valia para a Inglaterra - declarou Alexander-Arnold, mais jovem jogador da Inglaterra, com 19 anos, e que tem apenas uma partida pela seleção.

Agora na seleção inglesa, Loftus-Cheek ainda não sabe qual será o seu destino na próxima temporada. O Chelsea ainda vive indefinição sobre quem será o treinador. A imprensa do país dá como certa a saída de Antonio Conte do comando dos Blues e a chegada de Maurizio Sarri, ex-Napoli.

- A chave para saber onde vou jogar na próxima temporada: eu quero jogar. Quero jogar o máximo que eu puder. Nem mesmo no último ano eu não joguei tanto quanto eu queria, por causa das lesões, então eu sinto que eu preciso de uma boa temporada, independente de onde - declarou o meia, ao jornal inglês "The Guardian".

Em duas temporadas no Chelsea, Loftus-Cheek atuou em apenas 28 partidas, mesmo sendo uma das promessas da base do clube. O meia afirmou que esperava ter mais espaço nos Blues.

- - Eu acreditava que era capaz, mas as oportunidades não vieram para mim. É difícil continuar dando seu máximo nos treinos assim, mas fiz e quando chegou a hora consegui uma oportunidade no Palace. Veremos o que acontece, mas estou confiante na minha capacidade onde quer que esteja. Agora não estou pensando em Chelsea, estou focado na Copa do Mundo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos