No mercado, Flamengo só buscará nomes de peso para reforçar o elenco

O Flamengo não vai contratar por contratar. Isso está definido dentro do clube. A diretoria não quer reforços apenas porque a torcida está pedindo. Em reunião ficou traçada a meta de buscar três a quatro grandes nomes do futebol para completar o elenco rubro-negro. Se não pintar a chamada "oportunidade de mercado", a aposta vai ser nas categorias de base.

Dentro do Flamengo é consenso que não vale a pena investir em atletas que não cheguem para disputar vaga ou ser titular. Para isso, acredita-se que a base pode ser um diferencial. O trabalho feito nas categorias inferiores é considerado um dos melhores de todos os tempos.

Entre os atletas que hoje fazem parte da equipe sub-20, que conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, pelo menos quatro jogadores já são vistos com grande futuro para o Flamengo, dentro e fora de campo. Todos com alto potencial para render frutos ao clube e em seguida serem vendidos por altas cifras ao futebol do exterior.

A ideia é fazer essa interação. De grandes nomes com os jovens. Na equipe principal, Kleber, os zagueiros Léo Duarte e Thuler, o lateral-esquerdo Michael, o volante Jean Lucas e o atacante Lincoln são considerados peças do elenco já. Todos serão utilizados com uma maior frequência, com exceção de Léo que já é praticamente titular da equipe.

A ideia, em especial, para gastar pesado é com jogadores pelos lados. Mesmo enxergando na base jovens com potenciais, a diretoria sabe que poucos terão a personalidade como Vinícius Júnior aos 17 anos teve nesta temporada. Por isso, o dinheiro alto será investido nessas posições.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos