Os desafios de Alexandre Faria como diretor executivo de futebol do Vasco

Novo diretor executivo de futebol do Vasco, Alexandre Faria será apresentado à imprensa nesta segunda-feira de manhã, em São Januário. Formado em ciência da computação e pós-graduado em gestão estratégica de negócios, o dirigente terá muitos desafios pela frente no cargo, diante de recentes momentos conturbados vividos pelo clube dentro e fora de campo.

Um dos principais desafios - se não o principal - será promover contratações para o time, de qualidade, com um baixo orçamento disponível. Desde o início do ano sem patrocinador master, o Vasco não tem à disposição a verba necessária para reforços de peso, sendo preciso mapear o mercado para potenciais apostas.

O relacionamento com o elenco também será um desafio. O ex-dirigente Paulo Pelaipe não conseguiu convencer a Andrés Rios e seu empresário Martin Guastadisegno iniciar conversas pela renovação de contrato - o vínculo do argentino termina no próximo sábado e a tendência é a de que não haja um novo acordo.

No Vasco, a expectativa é a de que a responsabilidade de Alexandre Faria seja dividida com os demais membros do Comitê Gestor de Futebol. Com o cargo de vice extinto, o poder de decisão compartilhado ajudará contornar possíveis problemas.

Alexandre Faria teve o último trabalho no Sport. Na equipe de Pernambuco, o dirigente também se envolveu em polêmicas. A principal foi ficar ao lado do então técnico Vanderlei Luxemburgo, após o treinador usar um discurso duro contra o elenco após a goleada sofrida para o Grêmio por 5 a 0, no Brasileiro de 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos