Com poucas novidades, Palmeiras volta para nova 'pré-temporada'

Depois de dez dias de folga, o elenco do Palmeiras se reapresenta nesta segunda-feira à tarde para a "pré-temporada" do segundo semestre. O grupo vai ter atividades na Academia de Futebol até quinta-feira, quando viajará para a excursão em Panamá e Costa Rica. Há poucas mudanças em relação ao grupo de antes da pausa para a Copa do Mundo.

As principais novidades devem sair do departamento médico: Fernando Prass, Antônio Carlos e Diogo Barbosa eram desfalques, mas espera-se que consigam trabalhar com o grupo. O zagueiro, inclusive, abdicou de folgas para trabalhar na Academia de Futebol nos últimos dias. Guerra, que sofreu uma cirurgia no pé esquerdo, é aquele que levará mais tempo para retornar.

Borja, disputando o Mundial com a Colômbia, permanece fora, enquanto a situação de Keno está indefinida. O atacante é desejado por times da Arábia Saudita e, embora ainda não tenha ocorrido um anúncio, sua saída é iminente. Tchê Tchê, que já não vinha sendo usado, e Fernando, revelado pelo clube, foram vendidos.

Vitinho, depois de uma temporada no Barcelona B, não deve ter a preferência de compra exercida pelo clube e voltará enquanto não define seu futuro. Quanto a contratações, o clube deve ir ao mercado especialmente após fazer mais de R$ 50 milhões em vendas na janela de transferências. A zaga é uma posição que pode ser reforçada, porém não há nenhum acordo iminente.

Serão mais de 20 dias de trabalho até a próxima partida oficial, contra o Santos, 19 de julho. A comissão técnica considera que, depois de uma pré-temporada muito curta em janeiro, terá mais tempo de preparar fisicamente o grupo para outra sequência desgastante de jogos na metade final de 2018 - com Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores a disputar, serão frequentes semanas com jogos de "quarta e domingo".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos