Federação alemã se desculpa com suecos, e Hummels volta de lesão

O jogo entre Alemanha e Suécia encerrou com um gol salvador de Toni Kroos no último lance, deixando a atual campeã da Copa do Mundo com ótimas chances de avançar às oitavas de final. Logo após o 2 a 1, contudo, a imagem de diversos alemães comemorando no gramado contrastaram com um entrevero entre os dois bancos.

Por isso, a Federação Alemã emitiu um comunicado no qual condenou a atitude de membros da comissão técnica, capitaneada por Joachim Löw, que provocaram os suecos após o gol de Kroos.

- Foi um jogo emocional. No final, uma ou outra reação ou gesto de nossos supervisores em relação ao banco sueco foi muito emocional. Esse não é o nosso estilo, pedimos desculpas ao treinador sueco e à sua equipe. Ursäkta! - diz a nota, que encerra com um "desculpa" em sueco.

HUMMELS VOLTA AOS TREINOS

Por conta de uma lesão na cervical, Matt Hummels foi ausência justamente contra a Suécia, no sábado. No seu lugar, Löw escalou Rüdiger na vaga do defensor do Bayern de Munique, que retornou aos treinos sem limitações nesta segunda-feira e, o mais importante, foi confirmado para voltar a jogar.

Como Boateng foi expulso diante dos suecos, Rüdiger deve seguir entre os 11, agora ao lado de Hummels, para o compromisso diante da Coreia do Sul, nesta quarta, às 11h (de Brasília), na Arena Kazan.

A Alemanha, com três pontos e na segunda colocação, precisa vencer para não depender do outro jogo do grupo, que será entre México (1ª) e Suécia (3ª), com seis e três pontos, respectivamente, no mesmo horário.

A SITUAÇÃO DO GRUPO F (simule aqui)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos