Vetado em 2009, James Rodríguez é presenteado com camisa do Verdão

Companheiros na seleção colombiana, Borja presenteou James Rodríguez com uma camisa do Palmeiras durante a Copa do Mundo na Rússia. O meia do Bayern de Munique (ALE) tem uma história com o Verdão, já que foi oferecido para o clube em 2009, mas teve sua contratação vetada na época.

James tinha de 17 para 18 anos e estava no Banfield, da Argentina. Jorginho, auxiliar de Muricy Ramalho, foi assistir a um jogo do meia e não se encantou. Falou, inclusive, que o jogador era uma "bolinha", criticando sua forma física.

- Ele não era barato. Devia valer US$ 5 milhões na época. Ninguém em sã consciência iria recomendar pagar isso por um jogador tão jovem. Ele teria de ser observado em diversas condições durante três meses - atuando de dia, de noite, com o time saindo atrás no placar. Não daria para arriscar com tanto dinheiro. Nessa idade, é fácil demais se equivocar. No Palmeiras, tenho certeza que iam me matar, cara - disse Jorginho, em entrevista ao site da ESPN, em 2014.

Cerca de um ano após esta avaliação palmeirense, James foi vendido para o Porto. Depois, teve passagens por Monaco (FRA), Real Madrid (ESP) e agora Bayern de Munique (ALE). Em 2014, foi o artilheiro da Copa do Mundo com seis gols. No Mundial deste ano, teve atuação decisiva na vitória da Colômbia sobre a Polônia por 3 a 0, com duas assistências. Borja, artilheiro do Verdão em 2018 com 15 gols, é reserva.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos