Sauditas oferecem R$ 22 mi e Petros não deve mais jogar pelo São Paulo

O volante Petros está cada vez mais próximo de deixar o São Paulo e ir jogar no futebol da Arábia Saudita. O Tricolor aceitou a proposta de 5 milhões de euros (R$ 22,05 milhões) dos asiáticos e apenas detalhes burocráticos impedem a saída do volante do Morumbi.

Conforme adiantou o L! no fim de semana, as negociações estão bem avançadas e, embora o meio-campista tenha se reapresentado nesta terça ao CT da Barra Funda, não deve ficar no elenco comandado pelo técnico Diego Aguirre para o restante da temporada. O acordo salarial e outras pequenas cláusulas do contrato são o que restam para a assinatura com os sauditas.

Contratado pelo São Paulo no ano passado, Petros foi peça-chave para a equipe na briga contra o rebaixamento inédito para a Série B do Brasileirão no ano passado. O jogador chegou ao clube no meio da temporada, se tornou capitão e conquistou a admiração dos torcedores pela sua conduta combativa dentro de campo.

Nesta temporada, porém, Petros tem perdido espaço na equipe de Diego Aguirre. A promoção do garoto Liziero, de apenas 20 anos, e a evolução de Hudson em seu retorno ao São Paulo fizeram com que o ex-capitão fosse para o banco de reservas nos últimos jogos antes da parada para a Copa do Mundo.

O volante tem contrato com o São Paulo até o dia 30 de junho de 2021 e a totalidade de seus direitos federativos está atrelada do clube do Morumbi. Nas últimas semanas, o Tricolor perdeu os emprestados Marcos Guilherme e Valdívia, que foram jogar na Arábia Saudita.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos