Contas de 2017 são aprovadas pelo Deliberativo do Botafogo; clube apresenta nova categoria de sócios

O Botafogo colocou em votação, na noite desta terça-feira, as contas do ano passado do clube. E o Conselho Deliberativo, sem maiores discussões sobre o tema, aprovou os números apresentados. O encontro, na sede de General Severiano, também foi marcado por discussões acaloradas. Após o encontro, uma nova categoria de sócios foi apresentada pelo clube. Antes, já havia faixa com protesto pela implementação do sócio-torcedor com direito a voto.

O presidente do Conselho Fiscal, Ricardo Wagner de Almeida, e Marcelo Guimarães, candidato derrotado na última eleição, precisaram ser afastados. O opositor e o vice-geral, Carlos Eduardo Pereira, também discutiram.

A partir da mesma acalorada reunião, uma nova categoria de sócios foi apresentada - e detalhada também no site do clube: o sócio-torcedor estatutário. Pela nova categoria, disponível a partir desta quarta-feira, os "sócios-torcedores estatutários" têm alguns custos reduzidos.

Em linhas gerais, a nova categoria isenta o sócio-torcedor estatutário de ter que pagar a joia (que custa mais de R$ 2 mil) para votar nas eleições. E reduz para metade do preço a taxa mensal que se tem que pagar ao clube se comparado ao sócio-proprietário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos