Decisivo e penta mundial, Kroos comanda Alemanha rumo às oitavas

Aos 49 minutos do segundo tempo, uma falta lateral se apresentou para a Alemanha alcançar uma virada memorável e salvadora. Precisava de um personagem para resolver: eis que surge Toni Kroos. Quis o destino - e o talento do camisa 8 - que o autor do erro que originou o gol da Suécia, ainda no início do confronto, fosse o mesmo do triunfo por 2 a 1, no apagar das luzes.

Ao longo da partida, Kroos deu incríveis 108 passes. Errou quatro, sendo que o primeiro vacilo, como já citado, permitiu que Ola Toivonen fizesse 1 a 0 para os suecos. Kroos bateu com classe a falta e decidiu na hora certa, permitindo que os atuais campeões chegassem à última rodada do Grupo F mais tranquilos e só dependendo de si. O próximo duelo será diante da frágil Coreia do Sul, às 11h (de Brasília) desta quarta-feira, na Kazan Arena.

E dá para dizer que, sem tem alguém que Joachim Löw pode contar para um lance decisivo em momentos delicados este é Kroos. Craque do Real Madrid e revelado pelo Bayern de Munique, o meio-campista de 28 anos já conquistou o mundo em cinco ocasiões: quatro Mundiais de clubes, sendo três pelos merengues, e um pela seleção - na Copa de 2014.

- Foi ruim para o Kroos ter errado aquele lance, o lance do gol da Suécia, mas depois ele foi muito feliz na cobrança de falta. Eu fiquei muito feliz por ele, que tem quase 100% de aproveitamento nos passes - vibrou Löw, que não escalou Mesut Özil, ou seja, aumentando a responsabilidade de Kroos em ser maestro.

A Alemanha se encontra com três pontos, na segunda colocação, à frente justamente da Suécia pelo quesito confronto direto. Para avançar sem precisar conferir o outro jogo, precisa vencer por dois gols de diferença e contar com a repetição de um bom rendimento de Kroos e companhia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos