Inglaterra treina completa antes do confronto diante da Bélgica

A Inglaterra treinou completa nesta quarta-feira, no último treino antes do confronto diante da Bélgica, às 15h (de Brasília), em Kaliningrado. O jogo diante dos Red Devils vai definir o primeiro colocado do Grupo G da Copa do Mundo.

A boa notícia foi a presença de Dele Alli, que deixou o campo contra a Tunísia, na primeira rodada, com lesão na coxa. Diante do Panamá, ele foi preservado e deu lugar a Loftus-Cheek.

Apesar de que treinar com todo o elenco, o técnico Gareth Southgate deve poupar alguns jogadores para a sequência do Mundial, assim como deve fazer Roberto Martínez na Bélgica.

Assim como Dele Alli, Trippier está recuperado de dores musculares, mas pode ser poupado, dando lugar a Alexander-Arnold. Walker e Loftus-Cheek estão pendurados e também podem ficar fora.

No entanto, Harry Kane, artilheiro da Copa do Mundo, com cinco gols, quer jogar. Mas ainda não está confirmado contra a Bélgica.

- Ele (Kane) é o capitão e sabe que será cobrado sobre até onde conseguiremos ir como time. Ele quer contribuir para uma equipe vencedora e sabe que não é satisfatório fazer gols e o time não vencer - destacou Southgate.

Até o momento, a Inglaterra está em primeiro no Grupo G, mas leva vantagem sobre a Bélgica somente no quesito cartões amarelos: recebeu dois, contra três do rival. As duas seleções estão empatadas em pontos (6), gols marcados (8) e saldo (6).

Por conta da igualdade, a colocação na chave pode ser definida pelo número de cartões. Por conta disso, a Fifa ameaça punir os jogadores que forçarem amarelos na partida.

O Grupo G é o último a definir a sua situação. Inglaterra e Bélgica saberão qual chave será menos complicada e esse fato poderá alterar o duelo dentro de campo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos