Topo

Esporte


Dortmund pega Hertha tentando seguir isolado no Alemão; Bayern encara Mainz

Bernd Thissen / dpa / AFP
Imagem: Bernd Thissen / dpa / AFP

2018-10-26T15:00:00

26/10/2018 15h00

Líder isolado e único invicto no Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund volta a campo às 10h30 (de Brasília) deste sábado (27) para enfrentar o Hertha Berlin, no Signal Iduna Park. O time de Alcácer, Reus e cia. vem de goleada sobre o Atlético de Madri na Liga dos Campeões e está com moral elevado.

O Borussia Dortmund lidera a Bundesliga com 20 pontos, três acima de Mönchengladbach e Werder Bremen. O atual hexacampeão Bayern de Munique aparece apenas em quarto, com 16 pontos; e RB Leipzig e Hertha Berlin vêm logo atrás, com 15.

O técnico Lucien  Favre elogia o Hertha, adversário deste sábado, e fala sobre o pouco tempo de recuperação desde a goleada na Champions  League. "O 4 a 0 dá ainda mais confiança. É um resultado muito bom. Estamos agora à espera de um jogo muito diferente. O Hertha vem jogando muito bem nesta temporada, e 48 horas para regenerar é um tempo muito curto", entende o técnico do Dortmund, que espera a manutenção da boa fase.

"Raramente vemos um bom começo de temporada em todas as competições, mas continuamos pensando de jogo para jogo, o que nos fortaleceu até agora", acrescenta.

O diretor esportivo do Dortmund, Michael Zörc, elenca alguns pontos positivos da equipe de Berlim."O Hertha está há uma semana se preparando para jogar contra nós. Temos que atuar novamente depois de três dias e sabemos como é difícil. Eles têm uma boa defesa, vamos precisar de muita paciência", alerta.

O Dortmund vem encantando pela força ofensiva durante as partidas. Somente no Campeonato Alemão, são 27 gols em oito confrontos, com média de mais de três por jogo.

Bayern visita o Mainz

Matthias Balk/dpa/AP
Imagem: Matthias Balk/dpa/AP
Também às 10h30 (de Brasília) deste sábado, o Bayern de Munique encara o 12º colocado Mainz. A equipe bávara parece ter reencontrado o caminho das vitórias na temporada e soma duas seguidas, o que dá maior tranquilidade para o técnico Niko  Kovac.

Para a partida, o treinador pode deixar Boateng e Thomas Müller novamente no banco de reservas. Somente o meia-atacante entrou nas duas últimas partidas, enquanto o zagueiro não foi utilizado.

"Estamos felizes, mesmo aqueles que não jogaram. É isso que está acontecendo no momento. Isso não significa que o Müller não jogará os próximos jogos. Temos de tomar decisões em todas as partidas. Ele ainda é simpático e amistoso, e treina bem", declara o técnico.

"Boateng está treinando muito bem. Não posso anunciar agora que vou mudar tudo para o jogo contra o Mainz. Eu vou analisar o treino. Se tenho a sensação de que alguém está cansado, vou mudar. Se tivermos a sensação de que todos estão aptos e saudáveis, não mudaremos a formação", adianta Kovac.

Mais Esporte