Dani Alves: 'Guardiola como técnico é melhor que sexo'; treinador discorda

Daniel Alves movimentou a imprensa inglesa nesta sexta-feira. O jogador afirmou que ser treinado por Pep Guardiola é "melhor que sexo". O técnico repercutiu a declaração em entrevista coletiva, mas discordou do lateral.

O comentário do brasileiro foi feito no documentário "Take The Ball, Pass The Ball (ainda sem tradução para o Brasil), que será lançado na Espanha nesta sexta-feira. A produção conta com depoimentos de jogadores sobre o período em que o técnico comandou o Barcelona. O "Daily Mirror" e a Sky Sports" mostraram alguns trechos antecipadamente.

- Eu prefiro sexo - falou Guardiola, aos risos, após ser questionado na coletiva sobre a declaração do se ex-comandado.

Na entrevista, o treinador do City fez questão de lembrar que além dos jogadores que o admiram, como Daniel Alves, há aqueles que não gostaram de trabalhar com ele. Sem citar nomes, deu uma indireta em Zlatan Ibrahimovic, desafeto da época de Barcelona.

- Mas também vejo uma lista enorme de jogadores que estão do lado oposto. Há uma lista em dos que gostam muito de mim, como o Dani. Mas há um outro lado, da Suécia e de outros lugares, (de jogadores) que não gostam muito de mim - comentou Pep:

- Normalmente, acontece quando as pessoas não jogam regularmente - elas não são grandes fãs. Nós tentamos convencê-los. Às vezes dá certo, às vezes não.

Depois que saiu do Barcelona, Daniel Alves esteve perto de voltar a trabalhar com Pep Guardiola no Manchester City. Contudo, acabou fechando contrato com a Juventus.

- Estava tudo certo de eu ir para o Manchester City e não fui por uma decisão familiar. Falei com Pep e ele sabia da minha intenção em voltar a trabalhar com ele, sabe do meu apreço gigante que tenho a ele e ao seu staff - afirmou o lateral, em entrevista à "Sky Sports".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos