Victor Luis, do Palmeiras, revela noites mal dormidas à espera do título

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Victor Luís comemora gol do Palmeiras contra o Santos

    Victor Luís comemora gol do Palmeiras contra o Santos

Há 14 anos no Palmeiras, Victor Luis diz que já se pegou em noites recentes pensando na chance de conquistar seu primeiro título profissional pelo clube. A seis jogos do fim do Brasileiro e na liderança com cinco pontos de vantagem, o lateral-esquerdo vê a união do elenco como um trunfo para esta reta final.

"Eu sonho literalmente (com o título). Às vezes minha mulher fala comigo e eu fico sentado na cama, pensando na maneira que o ano pode terminar, se Deus quiser com um grande título. É o que nos motiva e tira um pouco da tensão e dá tranquilidade para trabalhar e pensar jogo a jogo. Pegamos equipes qualificadas, vamos pegar equipes com sua importância e qualidade e sabemos que será difícil porque o campeonato está embolado. Ainda bem, porque não deixa a gente pisar no freio, só pisamos no acelerador para darmos o máximo", disse.

"Sempre ressaltei minha vontade de ser campeão no Palmeiras. Quando eu realizar este sonho, eu me sinto realizado aqui no Palmeiras", reforçou.

Em meio a um revezamento com Diogo Barbosa na lateral, o camisa 26 foi titular contra o Santos, sábado passado, e fez o gol da vitória por 3 a 2. A comemoração ajoelhando tornou-se uma marca não só em seus gols, mas uma forma de agradecer pela história no clube.

"Sempre que ajoelho é para agradecer a oportunidade que estou tendo e muitos queriam ter. Deus me deu este dom, de jogar pelo time que sempre vi da arquibancada. Dou meu máximo em campo por isso", completou.

"Fomos do estádio (no sábado) até em casa conversando não só sobre o gol, sobre o jogo, foi um gol muito importante para mim, mas de toda a história que passei. Desde a base, com meu pai me levando para treinar em Guarulhos, rodou não sei quantos mil quilômetros naquela estradinha de terra. É isto que faz a gente parar para pensar e ver que tudo está valendo a pena", comentou.

Como Diogo Barbosa está suspenso, Victor jogará novamente no domingo, contra o Atlético-MG. Ainda que depois disso volte ao banco de reservas, o lateral diz que não há nenhum jogador no grupo que faça bico por ficar fora.

"O bacana do nosso grupo é como um companheiro torce pelo outro. Queremos o sucesso da equipe, estamos focados no nosso objetivo e isto é que dá a leveza quando qualquer um entra em campo para fazer seu melhor papel em campo", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos