Jogadores do Sport atacam a diretoria após rebaixamento

  • Paulo Paiva/AGIF

O Sport está na Série B. Apesar de vencer o Santos na Ilha do Retiro, a combinação de resultados não aconteceu e o time foi rebaixado no Campeonato Brasileiro. Na saída do gramado, os poucos jogadores que falaram com a imprensa atacaram a diretoria na hora de falar sobre a "culpa" pela queda.

Um dos fatores que mais gerou reclamação foi a respeito do salário. Com dificuldade financeira, o elenco foi afetado e o atraso no pagamento ocorreu por várias vezes ao longo do ano.

"Tinha jogador preocupado porque começou a faltar coisa dentro de casa. Isso faz a diferença, porque jogador com preocupação não consegue ficar 100% em campo. A gente sabia que tínhamos que correr por nós. Não falamos em valores, mas foram muitos (em atraso)", disparou Hernane.

"Nós, jogadores, temos culpa, mas a diretoria também. Cada um tem a sua parcela. Temos que dividir as parcelas. É muito difícil no futebol brasileiro a gente ter os problemas que a gente está. Agora é recolher os cacos. O torcedor está ferido e temos que colocar a cara para bater. Somos culpados, mas não podemos levar a culpa sozinhos", comentou o volante Fellipe Bastos.

O Sport encerrou o Brasileirão na 17ª colocação, com 42 pontos. Nos 38 jogos, o Leão teve 11 vitórias, 9 empates e 18 derrotas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos