Topo

Esporte


Após ano difícil, zagueiro Douglas quer reação da Chapecoense em 2019

Ameaça de rebaixamento no Brasileiro pesou nas costas, reconhece zagueiro - Liamara Polli/AGIF
Ameaça de rebaixamento no Brasileiro pesou nas costas, reconhece zagueiro Imagem: Liamara Polli/AGIF

16/01/2019 17h26

Após perder o Campeonato Catarinense e lutar contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro em 2018, a Chapecoense quer retomar a boa fase recuperando o título estadual. Depois de ser campeã em 2016 e 2017, o time acabou derrotado pelo rival Figueirense na decisão catarinense do último ano.

Presente naquela que foi sua primeira final pelo time de Chapecó, o zagueiro e capitão Douglas busca não repetir os mesmos erros da última edição para sair vencedor.

"Foi muito difícil perder aquela decisão em plena Arena Condá. Fizemos um campeonato incrível e chegamos com uma boa situação para a decisão. Infelizmente, foi um dia em que nada deu certo para nós. Hoje, sabemos o que erramos e usaremos todo esse aprendizado para que façamos um grande campeonato em 2019", disse o jogador.

Apesar do foco inicial no Catarinense, o camisa 23 não tira da cabeça a luta contra o descenso no Campeonato Brasileiro. O atleta, que já acumula 58 partidas pela Chapecoense, mostra alívio pela permanência na Séria A.

"Em 2018, tivemos momentos muito difíceis e ao seguirmos na primeira divisão, saiu um grande peso de nossas costas. Tivemos as férias para refletir e descansar. Já em nossa volta, a chave está ligada para não repetirmos os mesmos erros e que possamos ter um ano com muito mais vitórias."

O jogador está otimista em relação ao elenco da Chape para a temporada de 2019 e à permanência do técnico Claudinei Oliveira, último dos três técnicos que a equipe teve em 2018.

"Muitos jogadores permaneceram e chegaram jogadores de grande potencial. Tenho grande expectativa sobre o trabalho do Claudinei Oliveira, da comissão técnica e do nosso grupo. Que 2019 já se inicie com um bom papel no Catarinense", frisou o jogador.

A missão da Chapecoense em busca da sétima conquista do Catarinense começa nesta quinta-feira (17), às 21h, diante do Marcílio Dias. O duelo será realizado na Arena Condá, palco da decisão de 2018.

Mais Esporte