Topo

Esporte


Sport homenageia Durval após não renovar com zagueiro: "História linda"

FABIANO MESQUITA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Durval não joga mais com a camisa do Sport Imagem: FABIANO MESQUITA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

31/01/2019 10h48

A "novela" envolvendo a negociação para que o zagueiro Durval renovasse ou não seu contrato com a equipe do Sport chegou ao fim. Em uma postagem feita no site oficial do clube pernambucano na noite da última quarta-feira (30), o Leão da Ilha fez um comunicado em formato de homenagem aos títulos e grandes momentos vividos pelo defensor com a camisa rubro-negra.

Com isso, existe a possibilidade de o jogador, atualmente com 38 anos de idade, até encerrar a sua trajetória profissional - que começou nas categorias de base do Confiança-SE. O próprio Durval havia dito em entrevista ainda no final de 2018 que só teria o desejo de dar continuidade a sua carreira se fosse para seguir atuando pelo Sport, clube com o qual tem larga identificação.

Os números que Durval conseguiu reunir em nove temporadas disputadas com a camisa do clube certamente são capazes de justificar todas as homenagens feitas. Foram 343 partidas disputadas, 23 gols anotados além de oito títulos conquistados.

Relembre gol de Durval contra o Botafogo

Gols UOL Esporte

Confira o comunicado do Sport na íntegra

Foi uma história linda. De títulos conquistados, de vitórias históricas de muito suor e lágrimas. Mas toda história tem seu fim. Depois algumas conversas acordou-se que chegou a hora do Sport Club do Recife e Severino dos Ramos Durval da Silva seguirem seus caminhos. O Leão da Praça da Bandeira agradece os serviços prestados por este atleta que, vestindo o manto sagrado, honrou o Sport nas nove temporadas em que participou ativamente defendendo as cores do Maior do Nordeste.

Foram quatro títulos da Taça Ariano Suassuna (2015/16/17/18), seis títulos pernambucanos (2006/07/08/09/14 e 17), uma Copa do Nordeste (2014) e uma das mais importantes conquistas do Sport Club do Recife, que foi o título da Copa do Brasil de 2008, quando o mesmo era o capitão da equipe. Isso, claro, sem esquecer o histórico acesso à Série A de 2006.

Mais Esporte