Topo

Esporte


Rodada do Nordestão tem Bahia aliviando a pressão frente ao Altos

02/03/2019 17h50

O sábado (2) de Carnaval teve não só a comemoração das diversas pessoas que saíram para os blocos em todo o Brasil, mas também para o torcedor do Bahia e, principalmente, para o atacante Gilberto e o técnico Enderson Moreira.

Isso porque, frente ao Altos no estado do Piauí pela Copa do Nordeste, a equipe baiana foi impiedosa nos lances que criou e construiu uma aliviante goleada por 5 a 0.

EM RITMO DE CARNAVAL

A partida em um vazio estádio Albertão transcorreu de maneira bastante arrastada. Nenhum dos dois times conseguia criar oportunidades de grande perigo, semelhante a um bloco carnavalesco de tamanha velocidade reduzida que o embate se desenvolvia.

MANDOU A LETRA!

Aos 25 minutos, quando conseguiu receber em melhores condições de finalizar, o centroavante Gilberto não desperdiçou a oportunidade e marcou com estilo. Ao receber passe vindo do lado direito da grande área de Élber, Gilberto foi preciso ao tocar de letra no canto oposto do goleiro Fernando Henrique.

BOBEOU... É CAIXA

Aos 41 minutos, uma bola cruzada na área pelo time do Bahia foi desviada por Gilberto e tocada com a mão pelo lateral-esquerdo Tiaguinho. A arbitragem, em cima do lance, marcou pênalti que foi cobrado com muita categoria pelo 9 do Esquadrão de Aço que ampliou a vantagem dos visitantes na cidade de Teresina.

SUBIU O RITMO...

O Altos, precisando reagir no confronto, bem que tentou aumentar a produção de jogadas mais agudas em direção ao ataque. Porém, falava precisão tanto na troca de passes como, nas poucas oportunidades, para finalizar a meta de um pouco acionado Douglas.

... MAS NADA MUDOU

Aos 18 minutos já do tempo complementar, Élber recebeu bola que veio da defesa, conseguiu se livrar da marcação do Altos com relativa facilidade e bateu na saída de Fernando Henrique, 3 a 0 Bahia e festa do torcedor do Tricolor presente na capital piauiense.

ARTILHEIRO PRECOCE

Diante de um adversário "batido", o Bahia teve oportunidade de aumentar a sua dianteira no marcador quando Shaylon acertou um excelente passe para o jovem Caíque, já aos 28 minutos, tocar pela primeira vez na bola batendo de chapa na saída do arqueiro Fernando Henrique.

FECHANDO A CONTA

Ainda houve tempo para que Shaylon fizesse uma bela jogada trabalhando com o sistema ofensivo do Bahia, driblasse o goleiro do Altos sem qualquer cerimônia e tocasse para o fundo das redes, o quinto da equipe de Salvador.

Outros embates da Copa do Nordeste

Moto Club x Santa Cruz

Sergipe x Ceará

Mais Esporte