Topo

Esporte


Pablo e Hernanes monopolizam gols, mas ataque do São Paulo não engrena

Marcello Zambrana/AGIF
Hernanes durante jogo entre São Paulo e Ferroviária Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

2019-03-12T11:17:13

12/03/2019 11h17

Os dois principais reforços do São Paulo para 2019 têm feito gols com certa frequência, mas o ataque da equipe está emperrado nesta temporada. Pablo, com quatro gols, e Hernanes, com três, um deles no empate do último sábado contra a Ferroviária, são os únicos atletas do elenco que balançaram as redes mais de uma vez - contando a Florida Cup.

Leia também:

Depois de um início de ano animador, com goleadas sobre Mirassol (4 a 1) e Novorizontino (3 a 0) nas duas primeiras rodadas do Paulistão, o São Paulo já está há dez jogos sofrendo com seu sistema ofensivo. O time fez apenas cinco gols ao longo dessas dez partidas, sendo dois de Hernanes, dois de Pablo e um do zagueiro Arboleda. Em apenas uma ocasião, fez mais do que um gol na mesma partida (2 a 0 sobre o Bragantino).

Arboleda está empatado na artilharia da temporada com Nenê, Brenner, Anderson Martins, Reinaldo, Hudson e Everton, que marcaram um gol cada. Diego Souza, que se transferiu para o Botafogo, também fez um.

"O importante é criar. Na hora que a bola começar a entrar, as coisas vão acontecer. O problema é quando não cria, mas estamos criando. Espero que ela volte a entrar", disse Pablo, após o empate por 1 a 1 com a Ferroviária, no último sábado.

O camisa 12 tem razão ao dizer que a equipe está criando. De acordo com o Footstats, o número de finalizações só cresce desde que Vagner Mancini assumiu interinamente: nove contra o Corinthians (uma certa), dez contra o Red Bull (três certas), 11 contra o Bragantino (sete certas) e 23 contra a Ferroviária (oito certas).

O jogo contra a Ferroviária registrou o maior número de finalizações da temporada, inclusive se a análise considerar apenas as bolas que foram na direção do gol. O próximo adversário será o Palmeiras, às 16h30 de sábado, no Pacaembu.

Mais Esporte