Topo

Futebol


Guardiola lamenta eliminação traumática na Champions: "É cruel demais"

Phil Noble/Reuters
Pep Guardiola acompanha o jogo entre Manchester City e Tottenham Imagem: Phil Noble/Reuters

2019-04-17T20:38:17

17/04/2019 20h38

Em um dos jogos mais emocionantes da história da Liga dos Campeões da Europa, o Manchester City venceu o Tottenham por 4 a 3, mas acabou eliminado por conta dos gols marcados fora de casa, hoje, pelos Spurs.

E a eliminação foi com requintes de crueldade. Nos acréscimos, o City teve um gol anulado após a revisão do VAR, depois de toda explosão de euforia dos torcedores e dos jogadores. Guardiola, após a partida, lamentou a eliminação da forma que aconteceu.

"Sim, é difícil. É cruel, mas temos que aceitar. Foi um bom jogo para todos. Segundo tempo nós fizemos de tudo. Nós marcamos os gols que precisávamos, mas parabéns ao Tottenham e tudo de melhor para as semifinais. Estou tão orgulhoso, especialmente pela reação dos torcedores. Nunca vi o estádio como hoje. Estamos tristes por todos eles, mas eles sabem que temos tudo, mas o futebol é imprevisível e, infelizmente, não estamos na próxima fase", disse.

Na briga pelo título inglês, Guardiola fez questão de alertar que a equipe não pode se abater com a eliminação e que deve levantar a cabeça para não perder pontos na Premier League.

"Nós temos que reagir, mas não penso nisso agora. Vamos dormir o quanto for possível e, em seguida, vamos nos preparar para o jogo. Lutamos muito, nove, dez meses na Premier League, e está em nossas mãos. É difícil, claro, mas é o que temos que fazer", concluiu.

Mais Futebol