Topo

Palmeiras

Matheus Sales e Vitinho voltam ao Palmeiras com futuro indefinido

Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Vitinho (à esq.) jogou o Paulistão pelo São Caetano e Matheus Sales (à dir.) pelo Novorizontino Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

2019-04-18T08:00:00

18/04/2019 08h00

Matheus Sales e Vitinho se reapresentaram no Palmeiras depois de encerrarem suas participações no Campeonato Paulista por Novorizontino e São Caetano, respectivamente. Enquanto aguarda a definição do futuro, a dupla formada nas categorias de base alviverde treinou nessa quarta em horário alternativo.

Minutos antes de o elenco entrar no campo para iniciar sua atividade, eles seguiam para o vestiário após um trabalho definido pelo Núcleo de Saúde e Performance palmeirense. O lateral-direito Lucas, contratado em 2015, tinha rotina parecida, até ser emprestado para jogar a Série B pelo Botafogo-SP.

Matheus Sales tem contrato com o Alviverde até 2020 e já recebeu sondagens, tanto de equipes de Portugal, quanto brasileiras. Ele não pôde jogar as quartas de final pelo Novorizontino, pois o adversário era justamente o Palmeiras. O jogador ficou marcado por sua participação no título da Copa do Brasil de 2015 e a marcação implacável em cima de Lucas Lima, então no Santos.

Já Vitinho fez parte da campanha que gerou o rebaixamento do São Caetano. Fez dois gols em dez jogos e agora aguarda qual o próximo passo da carreira. Ele até esteve no elenco campeão brasileiro do Palmeiras no ano passado, mas não conseguiu oportunidade para jogar.

Luiz Felipe Scolari possui 33 jogadores no elenco, sendo que Willian se recupera desde o ano passado de uma cirurgia no joelho. Além do atacante, o técnico ainda precisa dar minutos para Fabiano, Juninho, Matheus Fernandes e Guerra, que não jogaram nenhuma vez em 2019.

Jean, Hyoran, Raphael Veiga, Zé Rafael e Arthur Cabral são atletas que até atuaram, mas poucas vezes. Com uma concorrência tão intensa, é difícil que os dois garotos sejam novamente usados, mesmo que Felipão aumente o rodízio, como deve acontecer após o início do Brasileirão e da Copa do Brasil.