Topo

Futebol


Missão impossível? Goiás busca reverter resultado e ficar com o título

2019-04-20T15:47:16

20/04/2019 15h47

O Goiás se complicou na primeira partida e terá que reverter placar no jogo de volta da final do Campeonato Goiano. Na tarde deste domingo, a equipe comandada por Mauricio Barbieri duela pelo título do estadual contra o Atlético-GO, às 16h, no Olímpico. O Esmeraldino sai atrás após perder por 3 a 0 o primeiro duelo. Cerca de 10 mil pessoas compraram os ingressos para o jogo.

Para ficar com a taça, o Goiás precisa vencer por três ou mais gols de diferença ou então devolver os três gols de diferença e ainda vencer nos pênaltis. O Atlético-GO pode até perder pela margem de dois gols.

O técnico do Esmeraldino, Mauricio Barbieri reconheceu os erros do primeiro jogo. Para o segundo duelo, o comandante espera conquistar eficiência e ficar com o título. Na história do clube, são 28 títulos estaduais.

- A gente sabe o que errou e sabe do nosso potencial. Contra fatos não há argumentos, o Atlético-GO tem os méritos da vitória, mas chutou três bolas e fez três gols. O relatório da partida mostra 72% de posse de bola para nós. Isso não é garantia de vitória, mas significa que buscamos fazer os gols, mas não fomos eficientes. Esperamos ter essa eficiência - disse.

Em campo o Goiás poderá ter três desfalques. David Duarte, zagueiro preterido no jogo de ida da decisão, também deve reaparecer na equipe. Além dele, Léo Sena retoma vaga de Gilberto Junior. Em contrapartida, Renatinho, com estiramento muscular, dificilmente estará presente na partida.

Mesmo com o placar elástico na primeira partida, o técnico do Atlético-GO, Wagner Lopes frisou que não tem nada definido e quer time concentrado para conseguir a taça, que não é levantada desde 2014. O Dragão soma 13 conquistas do estadual.

- Eu acho que o primeiro jogo não decide nada. Decide apenas quem tem vantagem e desvantagem. O respeito pelo adversário é enorme, acho que do outro lado também há o respeito. Não tem nada definido, temos que entrar bem concentrados.

Para melhorar a situação do Dragão, o time não terá nenhum jogador suspenso ou fora por conta de uma lesão. Isto, pode facilitar ainda mais a equipe para levantar a taça.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:

GOIÁS: Sidão; Kevin, Yago, David Duarte, Marcelo Hermes, Geovane, Léo Sena, Marlone, Michael, Brenner (Júnior Brandão), Marcinho. Técnico: Maurício Barbieri.

ATLÉTICO-GO: Maurício Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas; Pedro Bambu, Washington e Matheus; Mike, Pedro Raul e Gilsinho. Técnico: Wagner Lopes.

Mais Futebol