Topo

Futebol


Aposta nos pênaltis não dá certo e São Paulo amarga o vice-campeonato

21/04/2019 19h06

Mais uma vez, o São Paulo decepcionou sua torcida em um mata-mata contra o Corinthians. Na decisão do Campeonato Paulista, neste domingo, o Tricolor optou por se defender a maior parte do tempo perante seu maior rival e, aos 43 minutos do segundo tempo, foi punido pela sua falta de ofensividade. O resultado foi o vice-campeonato estadual e o nono confronto eliminatório seguido sendo derrotado pelo Alvinegro.

Para ser campeão, o São Paulo precisava de uma vitória simples em Itaquera. A missão, claro, não era nada fácil, mas a equipe do Morumbi optou, em grande parte da partida - sobretudo no segundo tempo - em se defender e tentar levar a decisão para os pênaltis. A tática acabou se mostrando falha.

Não que o Corinthians tenha feito uma grande partida, mas foi o time que, mesmo desorganizado, tentou fazer o gol. No segundo tempo, com a decisão aberta, o São Paulo praticamente não atacou seu rival e o técnico Cuca colocou dois defensores: Léo e Hernanes.

Mais tarde, o comandante explicou que as mudanças ocorreram por conta dos problemas físicos sofridos por Everton e Luan durante a partida. Sendo assim, o São Paulo precisou consertar seus problemas na partida ao invés de agredir seu adversário e tentar o título do Paulistão.

Na prática, no entanto, o time ficou acuado diante do Corinthians. No fim, uma falha de Arboleda e Hudson - que faziam excelente partida - resultaram no gol de Vagner Love, livre dentro da área.

O São Paulo, que não vence um título desde 2012 e não conquista o estadual desde 2005, respeitou demais seu adversário. A comissão técnica apostou todas as fichas nas cobranças de pênaltis e não tentou nem sequer contra-atacar o time de Fábio Carille no segundo tempo. O vice-campeonato em Itaquera tem explicação.

Mais Futebol