Topo

Futebol


Everton Ribeiro é eleito craque, e Tiago Reis revelação do Carioca 2019

2019-04-22T23:13:00

22/04/2019 23h13

Sem os principais nomes do campeão Flamengo, o Campeonato Carioca teve na noite desta segunda-feira o seu encerramento em cerimônia realizada em uma casa de show na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A festa, que começou com show de pagode, premiou os 11 atletas da Seleção, o melhor técnico, o Craque e a Revelação do Estadual.

A Seleção do Carioca 2019 tem: Jefferson Paulino (Bangu); Gilberto (Fluminense), Castán (Vasco), Rodrigo Caio (Flamengo) e Renê (Flamengo); Cuéllar (Flamengo), Lucas Mineiro (Vasco), Marcos Jr (Bangu) e Everton Ribeiro (Flamengo); Bruno Henrique (Flamengo) e Gabigol (Flamengo).

A revelação do Carioca foi Tiago Reis, atacante do Vasco, e o Craque do Campeonato foi Everton Ribeiro, que superou os parceiros Bruno Henrique e Gabigol, também do Flamengo. Por vídeo, o camisa 7 agradeceu aos votos, assim como os demais premiados do time da Gávea.

O técnico foi Fernando Diniz, do Fluminense, que foi pego de surpresa pela premiação, admitiu que não espera pelo prêmio.

- Não esperava, realmente. Costuma ser o técnico campeão. Tenho que agradecer, principalmente, aos meus jogadores - afirmou Diniz.

Por sua vez, Ado foi o técnico revelação do Carioca. Sob seu comando, o Bangu chegou às semifinais do Estadual. Rodrigo Nunes de Sá, o melhor árbitro. Luiz Cláudio Regazone e Silbert Faria Sisquim, os melhores assistentes.

Se o elenco rubro-negro, que viajou para Quito, no Equador, nesta tarde, não pôde estar presente, o Flamengo esteve representado pela diretoria e pelo zagueiro Juan. Prestes de se aposentar, o ídolo não está inscrito na Libertadores e foi o responsável a levantar a taça estadual - a 35ª do clube da Gávea - no palco, ao lado do presidente Rodolfo Landim. É a primeira taça da gestão do mandatário eleito em dezembro.

Além de representantes dos grandes clubes do Rio de Janeiro, a cerimônia contou com a presença de várias figuras políticas, entre eles o Cláudio Castro, vice-governador do Rio de Janeiro, e Felipe Bornier, Secretário de Esportes do Estado. Na abertura de seu discurso, o presidente Rubens Lopes, da Ferj, agradeceu aos dois e muitos outros políticos.

Depois, Rubinho exaltou o respeito, dedicação e empenho mostrado pelo Flamengo ao torneio e aos torcedores, estendendo o agradecimento aos demais clubes. Por fim, o presidente da Ferj ressaltou os mais de 800 mil torcedores que foram aos estádios, reforçou a importância do campeonatos estaduais para o futebol brasileiro, prometendo uma edição do Carioca de 2020 ainda melhor.

- O Carioca 2020 começa amanhã, às 9h, na sede da Ferj, com representantes de Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo. Aceitam-se sugestões. Mãos à obra.

Durante a cerimônia, as homenagens foram para os 10 Garotos do Ninho, vítimas do incêndio que atingiu o CT do Flamengo em 8 de fevereiro, e a Zagallo, que dá nome ao troféu do Campeonato Carioca de 2019.

Mais Futebol