Topo

João Pedro se coloca como opção no ataque do Flu: "em qualquer posição"

João Pedro festeja gol do Fluminense contra o Cruzeiro - Lucas Merçon/Fluminense
João Pedro festeja gol do Fluminense contra o Cruzeiro Imagem: Lucas Merçon/Fluminense

16/05/2019 16h58

Herói do Fluminense no empate diante do Cruzeiro, pela Copa do Brasil, o atacante João Pedro, de apenas 17 anos, possui uma carreira meteórica. A joia de Xerém possui apenas oitos jogos como profissional, somando 106 minutos em campo, tempo suficiente para marcar dois gols. O primeiro em um clássico diante do Flamengo e o segundo, importantíssimo contra a equipe mineira, deixando o Tricolor vivo pela vaga nas quartas de final da competição.

Com o gol marcado, João Pedro ganhou moral com o técnico Fernando Diniz e a tendência é que tenha mais oportunidades nos próximos jogos. O atacante se colocou à disposição em qualquer posição do ataque.

"Eu me sinto confortável em jogar em qualquer posição na frente, mas perto do gol é mais fácil. Como centroavante fico mais tranquilo. Trabalho muito para quando a oportunidade aparecer eu conseguir aproveitar", afirmou.

O Cruzeiro será novamente o adversário do Fluminense, só que pelo Campeonato Brasileiro, sábado, no Maracanã. João Pedro projetou a partida, na qual o Tricolor precisa vencer.

"No Brasileiro, precisamos correr atrás porque perdemos jogos em casa que não deveríamos perder, como no caso do Goiás. Então é focar e conquistar os três pontos", afirmou ele.

Já vendido ao Watford da Inglaterra, João Pedro segue os passos de Richarlison, atacante que também foi negociado para o clube inglês após brilhar com a camisa do Fluminense. O jovem atacante vem pegando algumas dicas com um dos possíveis convocados para defender a Seleção Brasileira na Copa América:

"Conversei com ele. Perguntei sobre a questão do inglês, se ele tinha aprendido, porque eu comecei a aprender também. Ele falou que é difícil, mas é para eu estudar que vou usar bastante".