Topo

Futebol


Sem pontos na bagagem, Fla chega ao Rio lamentando a derrota

2019-05-19T14:38:58

19/05/2019 14h38

O Flamengo desembarcou na manhã deste domingo no Rio de Janeiro sem algo muito importante na bagagem. O Rubro-Negro não trouxe sequer um ponto diante do Atlético-MG, mesmo com um jogador a mais desde o fim do primeiro tempo. A derrota caiu um pouco na conta de Rodrigo Caio, que falhou no primeiro gol do Galo, marcado por Cazáres. Com a cabeça erguida, o zagueiro afirmou que os erros precisam ser corrigidos e valoriza a semana cheia de treinamentos.

- Não adianta lamentar, futebol é muito rápido, um dia você ganha, um dia você perde. Então o mais importante é a gente ter a consciência que precisamos corrigir muitas coisas e crescer como equipe. Ficamos chateados pela forma que foi. Acho que o mais importante agora é ter uma semana cheia pra trabalhar, corrigir todos os erros e seguir trabalhando. Essa é a única forma de melhorarmos e crescermos como equipe.

Com a derrota, o Flamengo segue com sete pontos e vê o Palmeiras disparar na liderança do Campeonato Brasileiro, abrindo seis pontos de vantagem, após golear o Santos por 4 a 0. No entanto, para o volante Cuéllar, não está nada perdido, já que o campeonato é longo.

- O Campeonato Brasileiro é muito longo, ainda tem muitas partidas pela frente, e com certeza o líder vai ter algum tropeço também. Temos que continuar procurando os resultados para, jogo a jogo, tentar diminuir essa diferença do líder.

O colombiano chegou ao Rio mancando um pouco, mas apresentou melhora em relação as dores no tornozelo direito. Após a partida, Cuéllar foi submetido a um exame de raio-x, que não apontou fratura no local. O departamento médico vai reavaliar o volante neste segunda-feira. Já o restante do elenco só se reapresenta na terça-feira, quando inicia a preparação para o jogo contra o Athlético-PR, no próximo domingo, no Maracanã, pela sexta rodada do Brasileirão.

Mais Futebol